Enviado por: sirleimadr em 22/11/2016 278 leituras

Notícias em Destaque História de sucesso - Bosch celebra 130 anos no mundo

História de sucesso - Bosch celebra 130 anos no mundo

História de sucesso - Bosch celebra 130 anos no mundo

- Empresa abriu as portas em novembro de 1886 
- Inovação: magneto de ignição torna a Bosch um negócio global 
- Disposição para mudanças garante êxito da companhia 






Neste mês de novembro, a Bosch celebra os 130 anos de sua fundação. Uma trajetória que começou com a "Oficina de Mecânica Fina e Eletrotécnica", em Stuttgart, na Alemanha com apenas duas pessoas e muitos desafios até se tornar um dos dez maiores empreendimentos alemães, operando em mais de 150 países. Com uma história de sucesso internacional, hoje o Grupo Bosch emprega 375 mil colaboradores no mundo e gera vendas em torno de 70 bilhões de euros em 2015. 

Robert Bosch iniciou os negócios no dia 15 de novembro de 1886, construindo o alicerce daquilo que, j á naquela época, se tornaria uma empresa líder no fornecimento mundial de tecnologia e serviços. Desde o início, a história do Grupo Bosch se caracteriza pelo impulso otimista e dinamismo de seu fundador, que precisou superar alguns entraves financeiros e comerciais para criar oportunidades e consolidar a empresa. 

Inovação impulsiona alcance global 
O ano de 1897 é o marco da história da Bosch, por ter sido o início da expansão da empresa globalmente. Contudo, desde 1887 a companhia já produzia sua primeira invenção - o magneto de ignição de baixa tensão - para aplicação em máquinas estacionárias com o objetivo de gerar eletricidade em edifícios. Dez anos depois, o produto foi utilizado em motores veiculares e, em 1902, foi sucedido pelo sistema de ignição com magneto de alta tensão da Bosch, sendo a inovação decisiva para levar a empresa ao nível de fornecedor de sucesso e uma líder na área automotiva. Com o automóvel desfrutando de um sucesso sem igual depois de 1900, a Bosch também se tornou uma empresa global. Nos primeiros cinco anos, foram vendidos 50 mil sistemas de ignição. Em 1912, as vendas atingiram dois milhões de unidades. 

Oportunidades de mercado 
Com visão empreendedora e focado no futuro, Robert Bosch abriu novos mercados mundialmente. A partir de 1908, os sistemas de ignição Bosch estavam disponíveis em todos os continentes, o que contribuiu para a empresa crescer e se tornar uma marca internacional. A Bosch também conseguiu estabilidade a longo prazo com novos produtos para automóveis, bem como soluções em ferramentas elétricas, eletrodomésticos e tecnologia industrial. 

Esta capacidade de adaptação - para garantir a sobrevivência da empresa através da entrada em novos setores, mas também ao se desligar de negócios deficitários - é um dos principais fatores de sucesso da sua história. Uma característica fundamental de Robert Bosch e seus sucessores sempre foi o senso de responsabilidade para co m os colaboradores e não apenas a busca de lucratividade. É preciso uma vontade de mudar diante das condições econômicas voláteis para manter uma empresa e sua força de trabalho nos negócios. 

Robert Bosch dizia: "As pessoas podem dizer que eu não sou um inventor: realmente, eu não tenho a pretensão de ser um. O que eu sou é um homem que conseguiu, através de perseverança, bom exemplo e tratando bem os meus colaboradores, construir uma empresa que tem uma boa reputação no mundo todo. Devo meu sucesso, em grande parte, à minha determinação, o que tem evitado que qualquer coisa de baixa qualidade saia de minha fábrica". 

Contato para imprensa 
Dietrich Kuhlgatz, telefone: +49 711 811 44160

origem: http://www.brasil.bosch.com.br/pt/br/ ... 1/country-landingpage.php




Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV










Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?









Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'