Enviado por: sirleimadr em 25/07/2017 97 leituras

CFTV Presidente do TJ-PR assina convênio para ampliar segurança em estádios

Presidente do TJ-PR assina convênio para ampliar segurança em estádios

O Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Desembargador Renato Braga Bettega, e a 2ª Vice-Presidente do TJ-PR, Desembargadora Lidia Maejima, receberam nesta terça-feira (18/7) parceiros, imprensa e convidados para assinatura de um convênio que permite a utilização da biometria nos estádios e em grandes eventos no Estado.






O objetivo dessa parceria é aumentar a segurança nas partidas de futebol, eventos esportivos e nos locais onde são realizados grandes espetáculos e shows, como a Pedreira Paulo Leminski, por exemplo.

E a importância de tornar as arenas esportivas em locais mais seguros para todos os torcedores foi ressaltada pelo Presidente do TJ-PR, Desembargador Renato Braga Bettega. “Um estádio não é local para marginais, mas sim para a família de torcedores, pois o futebol é um espetáculo público e cultural, que deve antes de tudo ser um fator de agregamento das pessoas.”

Consulta a banco de dados

O sistema que passará a ser utilizado no Paraná vai possibilitar a consulta aos cadastros dos órgãos públicos e, assim, confrontar as informações biométricas dos torcedores e frequentadores de espetáculos de grande porte. Com esse serviço à disposição dos clubes e dos organizadores de eventos, será possível efetuar a identificação biométrica logo no início das partidas e dos shows.

A principal vantagem será o reconhecimento imediato das pessoas que eventualmente tenham contra si mandado de prisão expedido ou alguma ordem de restrição decretada no âmbito do Juizado do Torcedor.

A 2ª Vice-Presidente do TJ-PR, Desembargadora Lidia Maejima, esclareceu que será tomado todo o cuidado necessário para garantir a privacidade dos torcedores e dos espectadores de shows. “Através da união de esforços, colocamos à disposição dos clubes de futebol e dos demais promotores de eventos, um sistema que, sem descuidar da privacidade dos cidadãos, integra os bancos de informações biométricas e os cruza com os dados disponibilizados pelo Tribunal de Justiça, referentes a mandados de prisão em aberto ou a proibições de frequentar determinados lugares – como jogos de futebol ou shows”, disse.

Coletiva de Imprensa

Antes da assinatura do termo, a Desembargadora Lidia Maejima; o Desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura, coordenador do Justiça ao Espectador; o Juiz auxiliar da 2ª Vice-Presidência do TJ-PR, Ricardo Ferreira Jentzsch; o Secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita de Oliveira; o Presidente do Conselho Administrativo do Clube Atlético Paranaense, Luiz Sallim Emed; o Diretor-Geral do DETRAN/PR, Marcos Elias Traad da Silva; o Diretor da CELEPAR, Jacson Carvalho Leite; o coordenador de atendimento da CELEPAR, Jair Fernandes; e o Vice-Diretor do Instituto de Identificação do Paraná, Mauricio Jorge Lopes, conversaram com a imprensa e explicaram como irá funcionar o sistema.

Durante a coletiva, a Desembargadora Lidia Maejima destacou que não é uma obrigação dos clubes implantar o sistema, ele é uma ferramenta à disposição dos interessados.

O Juiz auxiliar da 2ª Vice-Presidência do TJ-PR, Ricardo Ferreira Jentzsch, pontuou, ainda, que há uma questão financeira em jogo e os clubes têm a opção de aderir ou não ao acordo. Também salientou que não existe um cronograma fixo para a implantação nem a obrigatoriedade de cadastro. Porém, ressaltou que a expectativa é de que todos participem.

Torcedores de fora do Paraná

Outra situação que ensejou questionamento foi em relação aos torcedores que vêm de fora do Paraná. “A ideia também é fazer uma ligação entre os Estados da federação, e isso deve ser executado num segundo momento. É uma coisa factível de ser feita por meio de um convênio interestadual, porém, a intenção é arrumar a nossa casa primeiro”, afirmou o Juiz auxiliar da 2ª Vice-Presidência.

origem: https://www.tjpr.jus.br/destaques/-/as ... umn-2%26p_p_col_count%3D1




Sirlei Madruga de Oliveira
Editora do Guia do CFTV
sirlei@guiadocftv.com.br



Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'