Segurança Pública: Câmeras de programa de monitoramento de Doria não funcionam no Brás, reclamam lojistas

Enviado por: Vivian_Peresem 01/02/2018 110 leituras

Lojistas do Brás não conseguem conectar boa parte das câmeras de segurança na região. O bairro de comércio popular no Centro de São Paulo depende da vigilância principalmente na época do Natal, quando aumenta o movimento de clientes e de roubos e furtos.






O City Câmeras foi anunciado em março pelo prefeito João Doria (PSDB), com participação da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e da Polícia Civil e apoio de empresas privadas. Segundo a Prefeitura, o sistema contava com quase 250 câmeras só no Brás, com monitoramento online para prevenir e combater a criminalidade na região.
 
Nesta quinta-feira (14), porém, 60% das câmeras do bairro estavam fora do ar. O computador da Associação dos Lojistas do Brás (Alobrás) indicava que pontos importantes, como o Largo da Concórdia e a Rua Conselheiro Belisário, estavam sem monitoramento.
 
“Não estão funcionando. Esperava uma maior efetivação do projeto, mas a gente não está vendo nada”, disse Marcos Roberto Ricci, secretário-executivo da Alobrás.
 
Sem as câmeras fica impossível para os lojistas identificar as gangues de ladrões que agem livremente, principalmente nessa época do ano. O SP2 mostrou nos últimos dias flagrantes de furtos de carteiras, correntinhas e ataques às bolsas das consumidoras.
 
As poucas imagens disponíveis no City Câmeras são armazenadas na nuvem. A Prefeitura também anunciou uma central de monitoramento da GCM, mas os comerciantes até duvidam que exista.
 
“A Prefeitura terceirizou a responsabilidade, como ele faz em tudo. Ela falou que a responsabilidade é da internet onde está instalada as Câmeras. Foi colocado e largou”, disse o lojista Lauro Pimenta.
 
A Secretaria Municipal de Segurança Urbana informou que a transmissão das imagens está diretamente vinculada aos equipamentos dos lojistas e que a transmissão de sinal pode sofrer variações.
 
Ainda segundo a pasta, 143 câmeras estão funcionando e 86, em manutenção, que deve ser feita pelos comerciantes.
 
 

Origem: http://www.segurancaeletronica.org.br/noticia.php?not=1204

Vivian Peres

vivian.peres@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: 'Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br