Enviado por: sirleimadr em 11/04/2018 83 leituras

Lançamentos e Releases Estados oficializam pacto de colaboração nacional em segurança pública com apoio do Ministério na LAAD 2018

Estados oficializam pacto de colaboração nacional em segurança pública com apoio do Ministério na LAAD 2018

Iniciativa facilita troca de informações e sistemas entre todos os órgãos de segurança, eliminando a necessidade de convênios






Começou nesta terça-feira, dia 10, a LAAD Security 2018, quarta edição de um dos mais renomados eventos da área de segurança pública e defesa do Brasil. Sendo um tradicional ponto de encontro dos conselhos e órgãos de segurança pública em nível nacional, neste ano, o evento migrou para São Paulo, sendo realizado no Transamérica Expo Center até a próxima quinta-feira, dia 12.

Como não poderia deixar de ser, o primeiro dia do evento contou com a presença do Ministro Extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, para realizar mais algumas das suas habituais reuniões visando alinhar a atuação do Ministério junto aos órgãos federais, estaduais e municipais. Para além disso, e como uma grata notícia para a segurança pública brasileira, foi assinado um pacto nacional entre todos os Estados da União para facilitar os processos de colaboração e troca de informações.

“A criminalidade não tem fronteiras. Hoje, se um suspeito ou criminoso procurado em São Paulo estiver se deslocando por outro estado, é preciso de um convênio específico para que os órgãos de segurança possam colaborar”, explicou o recém-empossado governador do Estado de São Paulo, Márcio França.  “Até hoje, cada vez que algum tipo de atividade vá ser feita com outros estados, é preciso elaborar e assinar um convênio, avaliado caso a caso. Este pacto permitirá que esse tipo de colaboração seja feita sem a morosidade de um convênio e de acordo com a legalidade. É uma maneira de fazer a integração dos sistemas, da informação e da comunicação”.

Nesta mesma reunião, Jungmann anunciou algumas medidas que devem ser adotadas pelo Ministério junto aos Estados. “Nós próximos dias será anunciado pelo presidente um novo dinheiro voltado para segurança pública, com destinação carimbada e garantida para o setor, trazendo previsibilidade para os investimentos. Além disso, faremos contratos de gestão com os Estados para que esse dinheiro esteja condicionado à entrega de resultados, como redução de homicídios, melhorias de formação e uniformidade de dados para que possamos construir uma base de dados compartilhada”

Outra ação deve ser a reorganização da IGPM (Inspetoria-Geral das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares) para expandir seu papel de coordenação e permitir que as Forças Armadas atuem como um apoio e assessoria técnica mais efetiva para todas as PMs do Brasil.

Durante a cerimônia de abertura do evento, o Secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Segurança Pública, Flávio Augusto Correa Basílio, deu um panorama sobre como essa reorganização pode auxiliar até mesmo no processo de compras de produtos e soluções. “Não faz muito sentido termos compras pontuais e descentralizadas, onde cada polícia está fazendo o seu requisito operacional. Isso preciso ser requisito único, padrão. Com isso, podemos usar uma tabela de referência de preços que pode ser utilizado para todas as policiais e órgãos regionais para facilitar todo o processo de aquisição nacional”.

Com a assinatura deste pacto, em breve, poderemos enxergar ações de inteligência mais efetivas surgindo na união de informações e tecnologias de segurança pública implementadas por todo o Brasil. A plataforma de consciência situacional e investigações da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, o Detecta, por exemplo, pode ser um bom ponto de partida para iniciar essa colaboração.

Na edição 79 da Revista Digital Security, fizemos uma entrevista exclusiva com o Cel Ronaldo de Oliveira e Silva, coordenador de tecnologia da informação e telecomunicações da SSP/SP, responsável pelo desenvolvimento da plataforma. Confira a entrevista completa, clicando aqui.

Origem: http://www.revistadigitalsecurity.com ... erio-na-laad-2018-2760001


Marcelo Peres

mpperes@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: 'Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br