Enviado por: sirleimadr em 08/06/2018 34 leituras

Tecnologia Detectores de áudio identificam brigas em presídio

Detectores de áudio identificam brigas em presídio

A tecnologia já é empregada no Centro de Correção de Worcester, nos EUA, que conta com a tecnologia para evitar os crimes dentro das celas.






A vigilância de um presídio não é apenas para evitar a fuga de detentos, mas também para evitar crimes que podem ocorrer nas dependências do centro de detenção. Para elevar o grau de segurança, o Centro de Correção do Condado de Worcester, em Massachusetts, nos Estados Unidos, utilizou uma nova tecnologia de áudio para complementar o monitoramento da instituição – o analítico de detecção inteligente de agressões. Esse analítico foi combinado com a câmera de rede AXIS Q8414-LVS, que possui um microfone interno de alta resolução. 

O software da empresa Sound Intelligence embarcado nas câmeras de videomonitoramento Axis fica alerta 24h por dia. Ao identificar um som indicativo de agressão, como gritos de socorro ou barulhos anormais, é enviado um alerta à central de controle: "Distúrbio na cela #2, verifique". 

Apesar de ser inovadora, a solução não comprometeu o orçamento anual da instituição, como conta o Tenente Greg Katz, Gerente de Tecnologia do Departamento de Polícia. "Incorporar a solução de analítico de áudio a um sistema já existente foi uma decisão muito rentável. A grande vantagem da tecnologia IP é a integração com uma ampla variedade de dispositivos". 

Além disso, o sistema instalado no Centro de Correção envia os alertas emergenciais também para o smartphone dos agentes de segurança junto com uma imagem da cela em questão, para que seja possível avaliar o que está acontecendo mesmo antes de chegar ao local. Isso agiliza o auxílio em caso de desavenças e em situações de atendimento médico, por exemplo. 

De olho no futuro, a gestão do Centro de Segurança, que conta com mais de cem câmeras IP Axis, planeja utilizar as imagens com registros de incidentes como parte de um programa de treinamento para novos recrutas. Ao visualizar sequências de eventos reais, eles poderão mostrar como os policiais responderam a uma situação específica.

Origem: NetSeg


Marcelo Peres

mpperes@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: 'Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br