Enviado por: sirleimadr em 23/08/2018 85 leituras

Notícias em Destaque DVR (gravador de vídeo):tudo que você precisa saber para garantir sua segurança

DVR (gravador de vídeo):tudo que você precisa saber para garantir sua segurança

Você entende como funciona a gravação do DVR (digital video recoder) de segurança? Alguns detalhes são muito importantes para que você faça a melhor escolha a fim de aumentar a segurança do seu negócio e oferecer mais tranquilidade para todos.






Neste post, você verá quais tipos de DVR existem, como calcular o tempo de gravação, bem como saber o período que cada imagem ficará salva. Quer saber como a gravação do DVR pode ajudar no seu sistema de segurança? Então, continue lendo e confira!

Quais tipos de gravação DVR existem?

O aparelho gravador para câmeras de segurança é chamado de DVR, que é uma sigla para Digital Video Recorder ou, traduzido, Gravador de Vídeo Digital. Esse é o sistema mais usado atualmente para fazer gravações de segurança, e é possível encontrar diversas opções no mercado. Veja, agora, as mais utilizadas.

DVR Stand Alone

DVR Stand Alone é um tipo de equipamento criado especificamente para ser um gravador de vídeo, com o uso de processadores e softwares específicos. Sendo assim, não depende de sistemas operacionais de computadores (Windows ou Linux), apresenta maior robustez e dificilmente apresenta falhas.

O aparelho conta com entradas para os cabos das câmeras, além de saídas de vídeo para que as imagens sejam visualizadas em monitores VGA e TVs. Já é normal encontrar saídas HDMI para proporcionar imagens com melhor definição.

Há no mercado opções de DVR com até 32 entradas. Além disso, uma das opções mais buscadas são as de acesso pela Internet. Conectado, o aparelho possibilita que os usuários acessem as imagens em qualquer lugar a partir de um dispositivo móvel ou computador.

O sinal das câmeras é conectado ao DVR — a quantidade possível dependerá do modelo escolhido. Caso a câmera seja analógica, em uma fração de segundos o sinal será convertido para digital e, depois, gravado no HD e disponibilizado nas saídas para o monitor. Após isso, esse processo acontece com as demais câmeras, dando a impressão de que o processamento acontece ao mesmo tempo em todos os equipamentos, uma vez que ele é realizado rapidamente.

DVR Híbrido (HVR)

DVR Híbrido é um dispositivo que permite a gravação e a visualização das imagens capturadas pelas câmeras IPs e analógicas. Diversas empresas ainda não migraram todo seu sistema para CFTVs digitais, dessa forma, um DVR Híbrido permite a operação com os dois sistemas (digital e analógico) ao mesmo tempo.

NVR

NVR (Network Video Recorder) é um tipo de DVR que faz o gerenciamento do monitoramento de câmeras IPs. Mesmo que algumas delas tenham opção de gravar por cartão de memória, ainda é melhor gerenciar todas as imagens de uma única vez.

PC DVR

É um equipamento que utiliza uma plataforma de PC (com sistema Windows ou Linux) com placas de capturas, além de softwares de gravação digital. Normalmente, eles não apresentam uma forma convencional de PC, limitando suas tarefas às funções de DVR. Mesmo que o sistema operacional seja comum, o equipamento pode ser considerado robusto, ainda que não tanto quanto um DVR Stand Alone.

PC com Placa de Captura

São computadores normais com placas de capturas e de I/O. Dessa forma, as funções de DVR podem ser executadas com a utilização de um software específico. Esse tipo de equipamento é obesoleto no mercado de segurança. Entretanto, é mais frágil, uma vez que não foi planejado para ser um DVR.

Como calcular o tempo de gravação de acordo com o HD?

Diversas pessoas adquirem kits com DVR Full HD, mas escolhem um HD (que armazena as imagens) com pouco espaço para armazenamento. Dessa forma, não conseguem manter continuamente a gravação por muito tempo.

Por isso, fique de olho em todas as informações para se certificar de que você terá o desempenho desejado — é necessário comprar um HD de acordo com o DVR adquirido.

O tempo de gravação depende, essencialmente, da capacidade do HD, da quantidade de câmeras e da resolução delas. Para fins de comparação, um HD de 500 GB pode armazenar imagens por 12 dias (em caso de 4 sinais com bit rate de 1024) ou ser suficiente por cerca de 5 horas (32 canais com qualidade de 1080p).

Caso você invista em um HD de 10TB, por outro lado, as gravações podem ser armazenadas por até 243 dias (4 canais com bit rate 1024) ou até 4 dias (com qualidade de 1080p).

Quer fazer o cálculo de quanto você precisará? Utilize a seguinte fórmula:

  • número de canais × horas de gravação × utilização do espaço por hora ÷ 1024

Horas de gravação

Caso você faça gravações em 7 dias por semana e 24 horas por dia, as horas de captura serão 168 por mês. Se fizer durante um período definido, multiplique as horas de gravação pelos dias utilizados.

Utilização de espaço por hora

Se você utilizar a qualidade 4 Megapixels, o consumo será de cerca de 1800M/h. Em outros casos, divida a quantidade de MP por 8 e multiplique por 3600.

Quanto tempo as gravações ficam salvas?

Uma pergunta comum e ligada à anterior é saber por quanto tempo as imagens do sistema ficam armazenadas. Quando o espaço for consumido, os arquivos anteriores começarão a ser apagados.

Além da memória do HD, a compressão do vídeo (quanto melhor a imagem, maior será o arquivo), o tempo de gravação (contínuo, em horários definidos ou por detecção de movimentos) e a opção por câmeras específicas podem ajudá-lo a ter mais capacidade de gravação.

Soluções de backup na nuvem (em um servidor remoto online) podem ser interessantes, de acordo com a necessidade de cada caso. Por isso, a melhor opção variará conforme o perfil de cada negócio.

De forma prática, o melhor aparelho é aquele que corresponde às necessidades do usuário. Por isso, é necessário que você determine quais são os problemas da sua loja para encontrar a solução adequada.

Agora que você sabe como é a gravação DVR, está na hora de descobrir qual é o modelo mais adequado para seu negócio, bem como o espaço necessário para gravar continuamente seu monitoramento.

Para isso, conheça agora as nossas soluções que atendem todos os tipos de necessidades e trazem mais segurança para seu negócio. Esperamos por você!

Origem: Giga Security


Marcelo Peres

mpperes@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: 'Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br