Enviado por: sirleimadr em 17/09/2018 79 leituras

Notícias em Destaque Usando câmeras para reduzir o consumo de energia

Usando câmeras para reduzir o consumo de energia

Sempre que você deixa as luzes ou o calor durante a noite no prédio de sua empresa, enquanto ninguém está por perto, você está impactando negativamente na sustentabilidade do planeta.

 






Este é o dia em que a população mundial usou todos os recursos que a Terra poderia repor naturalmente em um ano. O Dia do Exagero, quando passamos do limiar da quantidade de comida, água e energia que nosso planeta pode renovar, está chegando mais cedo e mais cedo a cada ano, ou seja, desde a década de 1970, estamos vivendo de recursos emprestados do futuro. Uma dívida que cresceu tanto que precisávamos de 1,7 planetas para compensar as futuras gerações.

Um estudo recente conduzido pela Universidade de Ben-Gurion, em Negev, Israel, sugere que “a indústria da construção é considerada o setor mais intensivo em energia, com edifícios representando cerca de 50% das emissões de dióxido de carbono (CO2)”.
E como qualquer problema global, não há uma maneira única de resolvê-lo, mas todos podem fazer algo para ajudar.

Felizmente, as empresas estão acordando para essa questão.

Apenas a Torre de Canary Wharf emitia as mesmas quantidades de CO2 que mais de 4.000 voos transatlânticos por ano. Dez anos depois, os novos desenvolvimentos na área estão programados para ser zero em carbono ou positivos até 2030. Se você sentir o mesmo impulso para contribuir, as câmeras podem ajudá-lo a minimizar o impacto ambiental e salvar o planeta reduzindo o consumo de energia.

Duas maneiras de reduzir o consumo de energia, uma direta e outra indireta; o primeiro está economizando energia apenas usando-o quando necessário, enquanto o segundo começa mais cedo, na cadeia de produção.

Um dos maiores desafios de calcular quanta energia você precisa é avaliar quantas pessoas usam cada parte de um prédio, por exemplo. uma sala ou área comum e quando. No entanto, com o auxílio de câmeras, os dados podem ser reunidos para tornar essas estatísticas mais precisas.

Um exemplo é a Universidade de Aalto, na Finlândia, que usou câmeras Axis com análise de dados integrada para criar uma rede de feedback inteligente de vigilância ao vivo. As câmeras registram a presença de pessoas em uma sala em tempo real e entregam os dados ao sistema que regula as luzes e o calor. Ao fazer isso, a universidade está fazendo uma economia de energia de 15 a 18%, economizando dinheiro assim como o planeta.

https://youtu.be/lRsfHmZx4zM

Origem: AXIS


Marcelo Peres

mpperes@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: 'Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br