Lançamentos e Releases: Armazenamento de imagens: conheça 3 diferentes tipos

Enviado por: sirleimadrem 06/11/2018 40 leituras

Você pesquisou e investiu em um sistema de segurança para o seu estabelecimento. Agora, chega o momento de pensar no armazenamento de imagens, afinal, existem algumas gravações que devem ser guardadas e outras que não são necessárias, podendo ser salvas apenas para arquivamento ou simplesmente serem descartadas.






Outro aspecto que precisa ser considerado é a necessidade de investir na proteção do seu sistema de monitoramento, afinal, de nada vai adiantar você adquirir câmeras de segurança que não possibilitam o backup automático. Assim, se acontecer alguma descarga elétrica, todas as imagens salvas serão perdidas. O raciocínio é o mesmo para o caso de o assaltante destruir ou roubar os seus equipamentos de gravação.

Dessa maneira, é essencial contar com um bom serviço de armazenamento de imagens. Vamos aprender mais sobre isso e conhecer quais são os principais? Continue a leitura!

Conheça 3 opções de armazenamento de imagens

1. Nuvem

Um conceito que está sendo muito utilizado nos dias atuais é o de armazenamento em nuvem. De uma forma bem simples, podemos definir nuvem como um “lugar online” em que é possível salvar arquivos e acessá-los a partir de uma conexão com a internet.

No caso do sistema de monitoramento, significa que você pode acessar as gravações realizadas no seu estabelecimento de maneira remota e totalmente segura.

Outro grande benefício é que os arquivos são atualizados em tempo real, porque são conectados com a internet e o backup é feito de forma constante. Assim, você não precisa se preocupar se o equipamento gravou ou não determinado período ou acontecimento.

Contudo, para que o serviço de nuvem funcione de forma correta para o armazenamento de imagens, é fundamental contar com um bom firewall, antimalwares e softwares para monitorar o estado de segurança dos seus equipamentos, certo?

2. Storage

O storage é um tipo de dispositivo para o armazenamento de imagens e dados, tais como: pendrive, cartões de memória, DVDs, HDDs, SSDs. Uma das vantagens dessa opção é a possibilidade do transporte das informações.

Contudo, ele é válido somente para pequenas gravações de imagens, que não necessitam salvar uma grande quantidade de dados e informações. O storage pode ser dividido em três tipos: Direct Attached Storage (DAS), Network Attached Storage (NAS) e Storage Area Network (SAN). 

3. Servidores

Os servidores são computadores com uma excelente capacidade de armazenamento e de processamento. O seu principal objetivo é guardar todas as informações que a empresa necessita, e o equipamento é capaz de suportar dados de diversos formatos — documentos de texto, vídeos, planilhas e imagens.

Esse recurso funciona muito bem, contudo, é importante ressaltar que, conforme o volume de dados vai aumentando, a organização precisa investir em recursos computacionais para aumentar o armazenamento e conseguir mais espaço (como é o caso do rack ou blade).

Os dados não são conectados com a internet, contudo, esse tipo de recurso demanda mais manutenção e é necessário contar com uma equipe especializada para providenciar a atualização constante ou resolver possíveis problemas.

Origem: Giga Security

Marcelo Peres

mpperes@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: 'Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br