Depois de uma triagem, as máquinas são transformadas e as peças são, praticamente, 100% aproveitadas.

Não sabe o que fazer eletroeletrônicos velhos ou sem uso? As equipes do programa Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs) vão dar um jeito em praticamente 100% do que acabaria indo para o lixo.

Dez mil jovens capacitados em oito anos e 116 toneladas de resíduos eletrônicos tratados somente em 2018. Esses são apenas alguns números do CRC Programando o Futuro, um espaço para a formação de jovens, recuperação de computadores e destinação correta de resíduos localizado em Valparaíso de Goiás (GO).

Os oito CRCs apoiados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) estão espalhados pelas cinco regiões do país. Todos recebem doações de computadores, televisores e aparelhos eletroeletrônicos antigos ou quebrados. Depois de uma triagem, as máquinas são transformadas e as peças são, praticamente, 100% aproveitadas. Os computadores recuperados são doados para telecentros, escolas, bibliotecas ou colocados à disposição em situações de emergência, como aconteceu em Brumadinho (MG).

Origem: Olhar Digital

Marcelo Peres

[email protected]

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para [email protected]

Comentários