Para que isso seja possível, Intel passa a disponibilizar o Thunderbolt para todos, livre de royalties.

Há quase dois anos, a Intel se comprometeu disponibilizar o Thunderbolt, padrão de conexão super-rápido, para todos, livre de royalties. Agora, finalmente, a empresa está cumprindo essa promessa – dando um belo avanço à próxima geração de USBs.

Na última segunda-feira (04/3), o Fórum Implementador de padrões USB – organização que regulamenta o uso desta tecnologia – anunciou que detalharia completamente a próxima especificação do USB 4 durante os próximos meses. Mais importante, confirmou que o USB 4 seria construído a partir do Thunderbolt 3 da Intel, em vez de competir com ele, como acontecia anteriormente. Ou seja, a mudança fará a transmissão de dados ser muito mais rápida.

Para se ter uma ideia, o Thunderbolt 3 pode mover dados a velocidades de até 40 gigabits por segundo. Isso significa que um filme em 4K pode ser transferido de um disco para o outro em 30 segundos. Além disso, este padrão é duas vezes mais rápido do que o USB 3.0, sendo que ele pode ainda administrar dois monitores em 4K, conforme explica essa matéria, publicada pelo Olhar Digital recentemente. 

Utilizando o exemplo da Apple, pode-se perceber como a situação do padrão USB está confusa. O MacBook Pro possui duas portas Thunderbolt 3. Já o MacBook padrão tem uma única porta USB-C. E elas parecem exatamente iguais. Na verdade, você pode conectar um cabo USB-C à sua porta Thunderbolt 3, mas você só terá velocidades no padrão USB, que são menores. E para tornar as coisas ainda mais complicadas, o USB lançará três níveis de desempenho antes que o USB 4 se materialize: USB 3.2 Gen 1, USB 3.2 Gen 2 e USB 3.2 Gen 2×2. 

A ideia é que a convergência do USB-C com o Thunderbolt 3 elimine grande parte desse incômodo. Quando isso acontecer, você saberá quase exatamente o que está obtendo quando usar essa porta ou um cabo USB-C. O “quase exatamente” é usado aqui porque, infelizmente, você ainda precisa de ambas as conexões: a Intel continuará a desenvolver o Thunderbolt 3 independente do USB 4, e não há garantia de que os dois protocolos progredirão em sincronia


Origem: Olhar Digital

Marcelo Peres

[email protected]

Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para [email protected]



Comentários