Inaugurada ampliação do sistema de videomonitoramento em Cuiabá e Várzea Grande

Um investimento na ordem de R$ 1 milhão para proporcionar mais
segurança aos cidadãos de Cuiabá e Várzea Grande com câmeras instaladas
em 72 pontos das cidades. É o Sistema de Videomonitoramento Remoto
Urbano, recém adquirido pelo Governo do Estado por meio de uma parceria
com o Governo Federal.

Na manhã desta quinta (15.10) o
governador Blairo Maggi, junto ao secretário de Estado de Justiça e
Segurança Pública, Diógenes Curado, e diversas autoridades dos meios
militar e político, visitou o local de onde é feito o monitoramento, no
Centro Integrado de Operações de Segurança Pública – CIOSP, localizado
na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), e
inaugurou oficialmente a operação do sistema.

“Viemos hoje fazer uma visita para conhecer melhor esse sistema de
monitoramento que inibe muito a criminalidade e que já estava em
funcionando em Cuiabá, mas que agora foi ampliado depois de um
minucioso estudo sobre os índices de criminalidade, das principais
rotas de fuga e também dos pontos de com maior incidência de crimes na
cidade. Esperamos que esse investimento em tecnologia possa nos ajudar
a diminuir a criminalidade e as confusões aqui na baixada cuiabana.
Além disso, estamos levando esse mesmo sistema para os municípios de
Rondonópolis, Tangará da Serra e depois Sinop”, disse o governador.

Maggi ressaltou que o Governo Federal tem sido um grande parceiro do
Estado, quando o assunto é segurança. “Não faltam investimentos por
parte do Estado e da União em segurança. O que acontece é que sociedade
tem problemas muito maiores, em todo Brasil, que estão fazendo com que
os índices de criminalidade subam a cada dia, tornando-se alarmantes.
Esperamos que além dessa contribuição, possamos também aumentar a
segurança da população ao integrar ao quadro, os novos profissionais da
área após o concurso publico”, disse.

O secretário Diógenes Curado definiu projeto como necessário para
melhorar a qualidade do serviço prestado pela segurança pública. “Com
câmeras podemos ter ações preventivas e reativas com mais qualidade e
mais rapidez, pois é isso que a sociedade espera. Passamos de 9 câmeras
instaladas no centro comercial da Capital, para 72 pontos, distribuídos
em avenidas de grande fluxo de Cuiabá e Várzea Grande, que e fazem o
entorno da capital. São 56 em Cuiabá e 16 em Várzea Grande. As câmeras
também vão monitorar regiões como o Grande CPA, Pedra 90, Tijucal e
Parque Cuiabá nas proximidades de terminais de transporte público”,
disse.

O coordenador do CIOSP, Major César Brum, explicou que em cada turno de
seis horas, oito profissionais de segurança trabalharão no
monitoramento, proporcionando vigilância 24 horas. Ele ressalta que
somente esses profissionais têm acesso às gravações. No caso de delitos
a justiça pode requerer à Sejusp, as imagens captadas pelas câmeras.

 

Origem: CircuitoMT

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.