Avançam preparativos para implantação do VTMIS no Porto

Codesp analisa aparelhos do sistema de monitoramento. E sondagens para instalação de torres são liberadas

Três dos quatro pontos onde serão instaladas as torres de monitoramento do Sistema de Gerenciamento de Informações do Tráfego de Embarcações (em inglês, Vessel Traffic Management Information System ou VTMIS) do Porto de Santos estão liberados para sondagens. A medida é necessária para a conclusão do projeto-executivo do empreendimento, previsto para ser entregue à Autoridade Portuária em dois meses. 

O VTMIS permitirá à Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) monitorar e gerenciar, em tempo real, o tráfego de navios no canal de navegação e nas áreas de fundeio do Porto (na Barra e na Baía de Santos). Também possibilitará uma melhor coordenação de ações durante emergências, como desastres ambientais e acidentes entre embarcações.

A implantação do VTMIS, incluindo a elaboração de seu projeto executivo, está a cargo do consórcio Indra VTMIS Santos. Ele venceu a licitação realizada pela Docas para o serviço, pedindo R$ 31,07 milhões pela tarefa.

O sistema de informações contará com um Centro de Controle de Operações (CCO), que funcionará na antiga Ponte de Inspeção Naval da Capitania dos Portos de São Paulo, na Ponta da Praia. O local está em reforma desde fevereiro passado e a previsão é que as obras sejam concluídos em março, assim como o projeto-executivo do empreendimento.

 No CCO, serão concentradas as informações captadas nas quatro torres de monitoramento, instaladas em pontos estratégicos da região portuária. A sondagem para a implantação das estruturas já foi liberada na Ilha da Moela (costa de Guarujá), na Ponta de Itaipu (em Praia Grande) e na Ilha Barnabé (Área Continental de Santos). Ainda falta ser emitido o aval para o quarto local, em Guarujá. 

As sondagens vão identificar as condições do solo nessas áreas, dados necessários para a instalação das torres. 

Com esses equipamentos, a área de varredura do VTMIS irá das regiões de fundeio até o Terminal Marítimo da Usiminas (no Canal de Piaçaguera). Cada torre terá um radar, uma câmera inteligente e um transponder AIS para a coleta de dados das embarcações. Ainda haverá uma estação meteorológica e um marégrafo (equipamento que registra a variação da altura da maré).

“Estamos aguardando a parte de engenharia civil. Agora, aguardamos que eles (o consórcio Indra VTMIS Santos) nos apresentem o projeto”, explicou o diretor de Operações Logísticas da Codesp, Cleveland Sampaio Lofrano, que supervisiona o projeto.

origem: http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/porto%26mar/avancam-preparativos-para-implantacao-do-vtmis-no-porto/?cHash=e687778d0e9c44c8462f6ff80dbc5510

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.