Zoom: programa para videoconferência vira alvo de golpes na quarentena

Software começou a ser visado por conta da popularidade entre quem faz home office

O software de videoconferência Zoom vem sendo usado como isca para aplicar golpes em quem faz home office durante a quarentena do novo coronavírus. Segundo um levantamento realizado pela empresa de segurança digital Check Point, houve 1.700 novos domínios registrados contendo a palavra “zoom” desde o início do ano, incluindo uma parcela com características suspeitas. A pesquisa também identificou instaladores falsos do programa para Windows.

Os especialistas avaliam que hackers têm aproveitado a crescente popularidade do serviço durante a pandemia de Covid-19. Atualmente, o aplicativo de reuniões detém 20% do mercado global desse tipo de solução. Entre as ameaças estão a instalação de malware para roubar dados do computador e até a interceptação de imagem, áudio e arquivos durante uma conferência.

O registro de domínios parecidos com o original costuma ser um dos passos de uma campanha de phishing. O objetivo é atrair o clique de usuários em sites falsos para forçá-los a ver anúncios, baixar arquivos maliciosos ou entregar dados de login da plataforma ou de redes sociais – o Zoom, vale lembrar, permite entrar com Google ou Facebook.

Alguns endereços podem ter sido registrados pela própria empresa, mas a Check Point detectou um grupo de domínios suspeito contendo erros de grafia aparentemente propositais para enganar usuários menos atentos. Os pesquisadores também encontraram instaladores falsos com o nome “zoom-us-zoom_##########.exe” que apresentam potencial perigo.

origem:  TechTudo

 Sirlei Madruga de Oliveira

 Editora do Guia do CFTV

 sirlei@guiadocftv.com.br

 


Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.