HomePlug: conheça a tecnologia que promete levar Wi-Fi pela tomada

HomePlug, ou Powerline, é um padrão de distribuição de rede via tomadas elétricas. A tecnologia consiste em padrões e aparelhos que possam ser usados nas tomadas para ligar uma grande quantidade de dispositivos a uma rede tirando proveito da fiação elétrica instalada numa residência. 

Dessa forma, o usuário pode eliminar problemas de alcance e transmissão de rede comuns em instalações wireless.

Os produtos compatíveis com essa tecnologia são criados e homologados pelo HomePlug Alliance, um grupo que reúne grandes fabricantes de hardware para redes de computadores.

Como funciona?

Há uma série de formatos e produtos que levam o selo HomePlug, mas, em geral, todos oferecem as mesmas funções.

Numa situação de uso típica, o HomePlug pode ser a saída para fazer com que o sinal de Internet chegue àquele ponto da casa onde a leitura é sempre fraca: usando um adaptador compatível com a tecnologia, o usuário pode ligar um cabo do roteador de Internet à tomada mais próxima.

Isso fará com que todas as tomadas elétricas, e os próprios fios da rede elétrica doméstica, ligados nessa rede se tornem pontos de distribuição de Internet, desde que tenham adaptadores HomePlug conectados.

O interessante é que além de distribuir sinal Wi-Fi, o HomePlug pode ser usado para conectar dispositivos à Internet com cabos RJ45. Para usar o cabo Ethernet, o usuário precisa plugar a porta RJ45 num adaptador HomePlug na tomada escolhida.

As velocidades são altas?

Em situações ideais, o HomePlug Alliance afirma que os produtos compatíveis com o padrão devem atingir até 500 megabits por segundo (Mbps) via cabo e 300 Mbps, usando sinais sem fio.

São números bastante bons para qualquer rede doméstica, mas é importante considerar que esses valores são considerados como picos em situações ideais. Em seus produtos, os fabricantes costumam definir velocidades mais realistas, de até 150 Mbps.

Fios elétricos geram campos eletromagnéticos com a circulação de energia e uma dúvida comum a quem se interessa pelos produtos HomePlug é se os fios não criam interferências no sinal de Internet.

Segundo o HomePlug Alliance, o problema da interferência é evitado porque a tecnologia opera com sinais de baixa frequência. Além disso, os adaptadores que recebem os cabos de rede, ou distribuem o sinal Wi-Fi, possuem filtros para eliminar o ruído que poderia ser causado pela eletricidade.

Quais são as desvantagens?

A desvantagem do HomePlug é o fato de que, no Brasil, repetidores de Internet compatíveis com a tecnologia ainda são muito caros. A TP-Link oferece o Tl-Wpa4220kit, classificado como capaz de atingir até 500 Mbps, por valores que giram na casa dos R$ 450, por exemplo.

O kit vem com dois adaptadores, um deve ser conectado ao roteador e o outro na tomada do lugar em que o usuário quer distribuir Internet. A D-Link comercializa no Brasil o DHP-W220AV por preços na casa dos R$ 300. Ao contrário do TP-Link, esse HomePlug atinge velocidades de 200 Mbps.

Pelo mesmo dinheiro, é possível encontrar roteadores de alta performance no mercado nacional. Além disso, se a necessidade é apenas distribuir sinal Wi-Fi pela casa, um repetidor, custando algo em torno de R$ 100, pode realizar a tarefa, desde que não existam muitas obstruções. Se a necessidade for expandir a rede via cabos, o preço fica em torno de R$ 5 o metro.

Vantagens

O ponto forte do HomePlug é a praticidade: se a ideia for distribuir Internet com cabos Ethernet, há a necessidade de ocultá-los nas paredes, o que gera necessidade de gastos com mão-de-obra e materiais.

Em relação à Internet sem fio, na abordagem convencional, exige repetidores que, dependendo da configuração do local em que são instalados, não serão a melhor solução para o problema.

O HomePlug é uma saída que pode contornar esses dois problemas em instalações domésticas em que sacrifícios em termos de velocidade de rede podem ser feitos em busca de sinal onipresente e estável, e sem a necessidade de intervenções mais drásticas, como o que seria necessário numa instalação com cabos.

Uma das apostas em relação ao futuro do HomePlug é o uso da tecnologia em residências repletas de equipamentos e aparelhos conectados.

Nesses espaços, o uso de adaptadores HomePlug poderá ser bastante interessante, já que a entidade que desenvolve o padrão tecnológico trabalha em novos produtos capazes de atender esse tipo de demanda em breve.

origem: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2015/11/homeplug-conheca-tecnologia-que-promete-levar-wi-fi-pela-tomada.html

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.