Tecnologia de games pode ajudar a salvar vidas em hospitais

Dois jovens empreendedores espanhóis apresentaram nesta terça-feira na Microsoft uma aplicação baseada na tecnologia de movimento do Kinect, acessório que permite o controle de videogames sem o uso de joysticks, criada para ajudar os médicos a consultarem o histórico dos pacientes

O projeto de Jesús Pérez, de 34 anos, e Daniel Calvo, de 25, ganhou um concurso de aplicações desenvolvidas para Windows usando o Kinect. O prêmio permitiu aos dois apresentarem a tecnologia, chamada de TedCas, ao criador do Kinect, Alex Kipman, na sede da Microsoft, em Seattle.

O TedCas tem como objetivo ajudar os médicos a conduzirem as cirurgias assistidas por computadores e melhorar as condições de esterilização das salas de operações. O dispositivo permite que os médicos tenham acesso ao histórico dos pacientes sem que precisem sair da sala de cirurgia, e dessa maneira evitem o contato com telas de computador, teclados ou mouses, que podem ser fontes de contaminação 

O inventor do Kinect disse estar entusiasmado com as novas aplicações do aparelho. Kipman mencionou especificamente oportunidades em robótica, educação e saúde.

origem: http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5420125-EI8147,00-Tecnologia+de+games+pode+ajudar+a+salvar+vidas+em+hospitais.html 

Sirlei Madruga de Oliveira
sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto? 

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.