Inaugurada sala de monitoramento integrado de Porto Alegre

Com a instalação de 140 centrais de alarmes em prédios públicos, entrou em operação a Sala Integrada de Monitoramento (SIM). Também estarão conectados a esse espaço as câmaras de videomonitoramento, os GPSs das viaturas da Guarda Municipal e os sensores de captação de disparos de armas de fogo.

Segundo o coordenador de monitoramento eletrônico, Lairton Stran, a partir desta semana, estão atuando na sala três guardas municipais e um agente de trânsito por turno. Na segunda-feira, a Secretaria de Segurança Pública e Cidadania firmará convênio com a Fundação da Brigada Militar para que servidores inativos façam parte da equipe.

Para o secretário municipal de Segurança Pública e Cidadania, Alberto Kopittke, a instalação dos alarmes permite que os membros da guarda, em vez de manterem vigilância permanente nos prédios públicos, sejam deslocados para as rondas nas ruas. Ainda serão instaladas outras 42 centrais de alarmes. O investimento total é de mais de R$ 1,2 milhão.

– A sala é uma síntese do que chamamos de segurança do século 21, pois vamos atuar de forma integrada com as polícias Civil, Militar e Federal – afirma Kopittke.

 

Origem: Zero Hora

 

Marcelo Peres

Editor do Guia do CFTV

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:

mpperes@guiadocftv.com.br

 

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’  

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.