Câmera inteligente monitora torcedores no estádio

Cientistas alemães criaram um sistema de vigilância capaz de identificar torcedores em ações ou movimentos suspeitos mesmo durante o furor da comemoração de um gol.

Os vândalos e agressores normalmente se aproveitam dos momentos em que a torcida como um todo se movimenta, como na comemoração de um gol ou em um movimento conjunto de protesto contra o árbitro, para criar confusões ou para atirar objetos nos jogadores ou contra os torcedores adversários.

Olhos inteligentes

O objetivo das novas câmeras de vigilância e do software de análise das imagens – batizado de Smart Eyes (olhos inteligentes) – é identificar imediatamente qualquer problema ou comportamento fora do padrão daquilo que estiver acontecendo em cada momento exato. Para isso, os cientistas do Instituto Fraunhofer criaram um programa avançado que, em vários aspectos, replica a capacidade humana de identificar fenômenos que fujam a um determinado padrão. Como o olho humano, por exemplo, o programa consegue distinguir objetos na cena mesmo se esses objetos estiverem se movendo à frente de um fundo muito turbulento.O Smart Eyes analisa os dados captados pelas câmeras de vídeo em tempo real e imediatamente aponta detalhes que chamam a atenção. "Isso é de um valor inestimável para a vigilância de prédios ou locais públicos," afirma a Dra. Martina Kolesnik, que participou do projeto. "Em determinadas circunstâncias as capacidades de um observador humano são limitadas. Peça a alguém para monitorar uma posição determinada em um estádio de futebol e a pessoa irá a perder muitos detalhes. Uma pessoa só consegue monitorar adequadamente pequenos segmentos de toda a área, e ela vai se cansar rapidamente. É aí que o Smart Eyes claramente dá conta do recado."

Estéreo-câmeras ultra ativas

O hardware do sistema é composto por uma câmera de vigilância fixa, que cobre uma determinada área, e duas estéreo-câmeras ultra ativas. Como os olhos humanos, elas podem fixar e seguir rapidamente vários pontos em sucessão, além de dar zooms para captar detalhes. Ainda mais importante é um software inovador que analisa automaticamente as sequências de imagem. Ele replica estratégias-chave do cérebro e do olho humanos, adotando uma estrutura hierárquica e modular para lidar com o fluxo de imagens.O programa inicialmente verifica o grau de movimento para cada pixel individual, identificando assim as áreas ativas na cena e aprendendo padrões de movimento, que são armazenados como modelos típicos. Com base nesses modelos, o sistema identifica os eventos e, em seguida, os classifica. Por exemplo, o programa pode distinguir entre torcedores passivos e torcedores pulando, pessoas andando e assentos vazios, além de filtrar eventos, como bandeiras sendo balançadas. "Nosso programa de análise de imagem é compatível com sistemas de câmeras produzidos por todos os fornecedores. Ele pode ser instalado facilmente. O usuário não precisa fazer qualquer ajuste," diz Kolesnik.  
 
 
Origem: Revista Segurança e Cia/SP
 
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.