QNAP Security tem novas soluções de vigilância ao Irã

A QNAP Security, fornecedora de soluções profissionais baseadas em Linux e NVR autônomo anunciou uma aliança estratégica com a PFN Technology, um dos maiores distribuidores de sistemas de vigilância de rede no Irã, para desenvolver a vigilância avançada e soluções de segurança e prestar serviços de vigilância no país.

Desde maio de 2012 a PFN tornou-se o distribuidor exclusivo no Irã da QNAP Security e cooperou estreitamente com QNAP para cultivar o mercado de vigilância de rede no Irã e para melhorar os serviços ao cliente no local. “A PFN tem o prazer de se juntar a QNAP para conduzir a distribuição de NVRs. Temos planejado expandir o mercado para QNAP e clientes de segurança para futuros negócios no Irã”, disse Mansour Farzaneh, o diretor da PFN.

“Estamos satisfeitos com a nova relação entre QNAP e PFN”, disse Alvin Wu, gerente de contas da QNAP Security. “Como pretendemos expandir nossa presença no Irã e fortalecer os serviços de vigilância para clientes locais, a aliança com a PFN vai melhorar muito nossa rota para o mercado no país”.
 
 
 
 
 
Origem: Digital Security
 
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.