Imagens de câmeras de monitoramento viram prova contra crimes

Segundo a Polícia Militar, sistema fez com que crimes na região central caísse cerca de 60%

Seis minutos foi o tempo que um rapaz levou para arrombar um contêiner no Centro de Ribeirão Preto e furtar uma máquina de policorte, uma furadeira e uma faca. No entanto, ao concretizar o furto, o homem foi preso dez passos depois pela Polícia Militar, com a ajuda das câmeras de monitoramento do projeto Olhos de Águia.

O capitão da PM, Henrique Carvalho explica que as imagens estão servindo agora como provas materiais contra esses suspeitos, que não têm como negar mais a prática do crime, uma vez flagrados pelas câmeras.

“Muitos, quando abordados, diziam que acharam os produtos do furto, negam a prática e, com isso, conseguiam escapar do crime de furto qualificado. No entanto, agora estamos anexando as imagens ao boletim de ocorrência, porque elas servem como prova na hora de o juiz aplicar a pena”, explica Carvalho.

Segundo o capitão, além dos furtos, ocorrências como agressões físicas e brigas entre travestis são alvo dos Olhos de Águia. O sistema leva os policiais até esses locais, em pouco tempo, e também transmite mais segurança para quem frequenta a área Central, principalmente nas épocas de maior movimento, como o fim do ano.

Em seis anos, os Olhos de Águia diminuíram em 60% o número de ocorrências criminosas no Centro de Ribeirão Preto, segundo o capitão Henrique Carvalho. Com 17 câmeras espalhadas, é possível realizar quatro prisões em flagrante por semana. As câmeras são capazes de capturar imagens em 360º e em uma área de 400 metros quadrados.

“Esses flagrantes são ações de abordagem rápida, enquanto o suspeito ainda está nas imediações do crime”, explica o capitão.

origem: http://www.jornalacidade.com.br/noticias/policia/NOT,2,2,884300,Imagens+de+cameras+de+monitoramento+viram+prova+contra+crimes.aspx

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.