Com câmeras de segurança, Três Lagoas registra queda de 37,9% nos crimes

Maior redução foi na área central, com queda de 65,5% nos roubos

Os índices de furto e roubo tiveram um recuo médio de 37,9% de julho a setembro deste ano, comparado com o trimestre anterior. Os dados são da Polícia Militar de Três Lagoas e correspondem ao período em que entrou em funcionamento o sistema de monitoramento por câmeras da cidade.

Conforme as estatísticas da PM, a maior redução foi registrada nos casos de roubo na área central. Entre abril e junho deste ano, haviam sido registrados 29 crimes nessa modalidade no Centro. Já no trimestre seguinte, de 1º de julho a 30 de setembro, o volume de assaltos caiu para 10 na região onde encontra-se o comércio local.

Os dados mostraram também que, de forma geral, os índices de roubo reduziram 33,8% na cidade, caindo de 130 no primeiro trimestre (média de 43,3 assaltos por mês) para 86 no terceiro trimestre (média de 28,6 crimes/mês). Os casos de furto também recuaram, porém, em menor volume. No segundo trimestre do ano, a PM havia registrado 784 crimes dessa modalidade em toda a cidade, o que equivale a uma média de 261,3 furtos ao mês. Já no terceiro trimestre, foram registrados 702 casos (234 furtos/mês), o que corresponde a uma redução de 10%.

De acordo com o comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Wilson Sérgio Monari, não há como determinar somente uma causa para essa redução nos índices de criminalidade. Mas destaca a importância da implantação do sistema de monitoramento como um dos principais fatores. “Não há como ser taxativo e apontar somente uma causa, até mesmo porque neste mesmo período tivemos a formação de uma nova turma de policiais militares, mas é incontestável a participação das câmeras de segurança. Até mesmo porque a maior redução foi na área central, onde conta com maior número de câmeras em funcionamento”, completou.

O sistema de vídeomonitoramento foi inaugurado na primeira quinzena de julho. As câmeras e a construção de uma central de monitoramento foi resultado de uma parceria com a Petrobras.

Os dados também haviam mostrado uma redução de 50% nos casos de homicídio de um trimestre para outro. No segundo trimestre, apontou a estatística da PM, quatro pessoas haviam sido assassinadas em Três Lagoas. Já no terceiro trimestre, esse índice havia caído para dois. No entanto, esse índice provavelmente voltará a subir no quarto trimestre. Somente no mês de outubro, três pessoas foram assassinadas. 

Desde que entrou em funcionamento, as câmeras de segurança auxiliaram na prisão de 12 pessoas. Entre elas, estão suspeitos de homicídio e tentativa de homicídio, registrados recentemente na cidade.

origem: http://www.jptl.com.br/ler.php?id=81629

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.