São José inaugura central de monitoramento por câmeras

Foi inaugurada oficialmente na manhã desta terça-feira a Central de Videomonitoramento de São José.

O munícipio da Grande Florianópolis, que possui a quarta maior população do estado, agora conta com 158 câmeras monitorando 24 horas as ruas, dando mais agilidade para o trabalho da Polícia Militar e da Guarda Municipal, além de mais segurança para a população. 

A Central funciona de forma integrada, com integrantes da Polícia Militar, Guarda Municipal, Defesa Civil, e vai ser operada em parte por pessoas com deficiência. São 12 funcionários por turno de olho em tudo que acontece pela cidade. Os testes com as câmeras começaram em setembro e alguns flagras, prisões e abordagens já foram realizados devido ao recurso. 

Um exemplo relatado pelo coordenador da central, Landerson dos Passos, foi a prisão de homem exibindo uma arma para um amigo. Assim que o monitor percebeu a movimentação, acionou a PM, que foi até o local e fez o flagrante. Foi inaugurada oficialmente na manhã desta terça-feira a Central de Videomonitoramento de São José.

— Se não fossem as câmeras, dificilmente teríamos como fazer o flagrante. Todas os monitores estão sendo treinados para ficarem atentos a tudo que foge da situação de normalidade — explica. 

Desde o dia 23 de novembro, quando começaram a contabilizar os dados, já foram 184 ocorrências, entre prisões, apreensões, recuperação de veículos, abordagem, apoio ao Copom e consulta de placas de carros. As câmeras são totalmente digitais, com a possibilidade de zoom de 320 vezes, permitindo tirar fotos de pessoas e placas de veículo em alta definição. Também é possível acessar as imagens por meio de smart phones e tablets. 

Na cerimônia de inauguração, a secretária de segurança de São José, Andrea Pacheco, destacou que a cidade se torna um marco na segurança pública com o videomonitoramento: 

— Vai ter mais segurança para todos, um apoio nas investigações. Mais iniciativas inovadoras vem por aí — declarou.

A prefeita Adeliana Dal Pont ressaltou que o espaço público precisa ser seguro e todos vão se articular para trabalharem juntos. A instalação da central foi possível pela parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura. 

Segurança e inclusão 

Um dos diferenciais da Central de São José para outras cidade é a inclusão de pessoas com deficiência no trabalho de monitoramento. Eles não conseguem caminhar, mas com os olhos e habilidade no nos controles conseguem realizar perseguições a suspeitos. 

Maria Helena Koerich, da Associação de Pessoas com Deficiência de São José, destaca a importância da inclusão:

_ É uma função que os cadeirantes podem fazer normalmente. Acredito que outros locais poderiam se inspirar no exemplo de São José.

origem: http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticia/2015/12/sao-jose-inaugura-central-de-monitoramento-por-cameras-4920101.html

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.