Comerciantes visitam Centro Integrado de Monitoramento

Grupo de comerciantes do Rudge Ramos se surpreende com a estrutura montada para gerenciar em tempo real as imagens captadas por 400 câmeras espalhadas pela cidade 

Grupo de comerciantes do Rudge Ramos visitou na manhã desta terça-feira (19) o Centro Integrado de Monitoramento (CIM), instalado na região central de São Bernardo. Além de conhecer toda a estrutura montada para gerenciar em tempo real imagens captadas por 400 câmeras espalhadas pela cidade, o grupo pode acompanhar o funcionamento do espaço, que integra Guarda Civil Municipal (GCM), Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), Defesa Civil, Transporte e Trânsito.

Recebidos pelos secretários de Segurança Urbana, Cícero Ribeiro, e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Hitoshi Yodo, os comerciantes conheceram a atuação da GCM, bem como exemplos da atuação do CIM na solução de crimes.

Durante a apresentação, Cícero Ribeiro disse que em 2015 foram registradas 686 ocorrências pela GCM por meio do CIM. Resultado da atuação dos guardas que operam a central em três turnos, sob a gerência da inspetora Gleicis Januário. “É importante lembrar que quando registramos um delito, além do apoio realizado em rua com a GCM, as imagens podem ser usadas como material de apoio nas investigações que são desenvolvidas pela Polícia Civil ou para trabalhar ações junto à Polícia Militar”, explicou o secretário de Segurança Urbana.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Hitoshi Yodo, disse aos comerciantes que a segurança é item importante para o desenvolvimento econômico da cidade, e que São Bernardo tem feito sua parte para garantir esse direito. “O mais importante desta agenda é que os comerciantes conheçam os investimentos que são feitos em segurança em nosso município. Muitas vezes quem está na outra ponta trabalhando em seu comércio não faz ideia da estrutura que temos em nossa cidade para auxiliar no trabalho de segurança pública, que é de responsabilidade do Estado.”

Para Jair Ribeiro, que possui comércio no Rudge Ramos há mais de 10 anos, a visita contribuiu para saber um pouco mais sobre a atuação da GCM, além de conhecer a estrutura do CIM: “Não imaginava que a guarda tinha todo esse aparato à disposição. Um ponto que preciso ressaltar é que lá no Rudge Ramos muitos GCMs já são conhecidos pelos comerciantes, e isso torna a atuação deles mais próxima, pois podemos ligar e denunciar problemas”, disse.

CIM – O Centro Integrado de Monitoramento foi inaugurado em abril de 2014, com investimento na ordem de R$ 21,5 milhões. A central recebe imagens de 400 câmeras instaladas em prédios públicos como escolas municipais e unidades de Saúde, assim como em pontos estratégicos das vias de maior movimento.

O sistema conta com 100 câmeras fixas em escolas municipais e 300 móveis, em áreas prioritárias de segurança. A central tem ainda 28 estações de trabalho e integração de botões de pânico instalados nos próprios municipais, para o caso de emergências.

Com visualização em tempo real dos veículos em operação pela central, as unidades da GCM, Trânsito, Defesa Civil e SAMU podem ser localizadas pelo Sistema de Posicionamento Global (GPS) nas estações de trabalho, o que reduz o tempo de resposta às ocorrências, uma vez que poderá ser destacada a unidade mais próxima para realizar o atendimento.

origem: http://www.abcdoabc.com.br/sao-bernardo/noticia/comerciantes-visitam-centro-integrado-monitoramento-35518

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.