Congonhas começa esquema de triagem e monitoramento a partir desta quinta (27)

Passageiros serão levados para UBS para testagem e podem ficar hospedados em hotel para isolamento de 14 dias

Em entrevista à CNN, o secretário municipal da Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, explica como vai funcionar o esquema de triagem dos viajantes que chegam ao Aeroporto de Congonhas, localizado na zona Sul da cidade, e que começa a partir desta quinta-feira (27), a fim de monitorar possíveis casos da nova variante do vírus da Covid-19: a B1.617.2, originária da Índia.

O acompanhamento acontecerá, sobretudo, com viajantes sintomáticos respiratórios.

“Terá uma equipe médica no Aeroporto de Congonhas. As pessoas sintomáticas serão levadas à UBS Jardim Aeroporto, que fica próxima ao local, para a realização do teste da Covid-19.  E, a partir desta sexta-feira (28), a testagem vai acontecer dentro do próprio Aeroporto. Uma carreta estará no local para isso”, explica.

Nesta quarta-feira (26), começou o monitoramento dos viajantes em terminais rodoviários. Em relação a isso, o Secretário comenta que teve bastante receptividade das pessoas.

“Todos que chegaram ao Terminal Tietê e ao Jabaquara foram abordados pela nossa equipe e não tinha nenhum caso sintomático”, comenta.

Segundo Edson Aparecido, todos disponibilizaram contatos pessoais, para que, se posteriormente algum caso da nova variante indiana por identificado, eles possam ser contactados.

O próximo passo é o esquema de hospedagem para as pessoas que testarem positivo para o novo coronavírus e que não possuem condições de pagar hotel para o isolamento social. A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a São Paulo Turismo (SPTuris), já está trabalhando para isso.

“Se testarem positivo e não tiverem onde ficar, a Prefeitura de São Paulo está disponibilizando 60 quartos no Hotel Anhembi, que terá acompanhamento de equipes médicas durante 14 dias – o período da quarentena”, explica.  “Já os viajantes que vierem de fora do país e que, eventualmente, precisarem de quarentena, esses sim, terão que pagar pelas vagas no hotel”, complementa.

No momento, a Prefeitura de São Paulo está montando as equipes médicas, enquanto o hotel está preparando o andar para receber os diagnosticados com Covid-19.

Até agora não tem, no Estado de São Paulo, nenhum caso confirmado de contaminação pela nova variante de origem indiana.

“Estamos acompanhando dois moradores de São Paulo que vieram no mesmo voo daquela pessoa, que hoje está no Rio de Janeiro, e foi identificada, pelo Instituto Adolfo Lutz, com a variante indiana. Nossas equipes de saúde estão fazendo o monitoramento das duas e, por enquanto, estão assintomáticas”, explica.

origem: Congonhas começa esquema de triagem e monitoramento a partir desta quinta (27) (cnnbrasil.com.br)Link Origem

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

 sirlei@guiadocftv.com.br

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.