CES 2020: Intel demonstra sua GPU discreta, a DG1

GPU é baseada na arquitetura Intel Xe, que também será usada nas GPUs integradas dos processadores Tiger Lake, para notebooks e portáteis

A Intel aproveitou a CES 2020 para anunciar, entre outras novidades, sua primeira GPU discreta. Chamada DG1, ela é baseada em uma arquitetura chamada Intel Xe, que também será usada nas GPUs integradas dos processadores Tiger Lake, voltados para notebooks e portáteis, que chegarão ao mercado ainda neste ano.

Infelizmente, fora uma breve demonstração da GPU rodando o jogo Destiny 2, título de 2017, a empresa não divulgou mais nenhuma informação, ou mesmo imagens, da GPU. Nem mesmo detalhes como a resolução na qual o jogo estava rodando, ou sua taxa de quadros. Da mesma forma, não há previsão de lançamento de produtos baseados na DG1, nem de preço ao consumidor final.

Esta não é a primeira tentativa da Intel de criar uma GPU discreta. Entre 2007 e 2010 a empresa desenvolveu um projeto chamado Larrabee, uma tentativa de criar uma GPU baseada na arquitetura x86, a mesma usada em seus processadores. O projeto foi oficialmente cancelado em maio de 2010, sem que um produto fosse lançado.

Partes da tecnologia desenvolvida para o Larrabee foram usadas nos processadores Xeon Phi, usados em supercomputadores para acelerar cálculos em aplicações de inteligência artificial e aprendizado em máquina

origem: Olhar Digital

 


Sirlei Madruga de Oliveira

 

Editora do Guia do CFTV

 

 

 

 

sirlei@guiadocftv.com.br
Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.