Sistema de sensores multifocais Panomera de Dallmeier obtém a patente europeia

Tecnologia do fabricante alemão permite capturar uma área com a mais alta qualidade e resolução, reunindo imagens de até sete sensores de detalhes e um sensor de visão geral

Durante muito tempo, a vigilância contínua de grandes superfícies com tecnologia de vídeo de alta resolução tem sido um desafio para o qual as empresas não conseguiram encontrar uma solução econômica. A tecnologia de câmera Panomera do fabricante alemão Dallmeier resolve com sucesso esse problema desde 2011. Agora, oito anos após a patente alemã, ela também obtém a patente européia por sua singularidade.

Diferentemente das tecnologias convencionais, como a combinação de câmeras megapixel e PTZ ou as chamadas câmeras ‘multisensores’, os sistemas de sensores multifocais Panomera capturam uma área continuamente com a mais alta qualidade de resolução. Une-se, de forma inteligente, um sistema de câmera gera até sete sensores de detalhes e um sensor de visão geral.

A qualidade mínima da resolução pode ser definida exatamente para cada área durante o planejamento, garantindo com segurança que ela é admitida como evidência perante os tribunais ou a qualidade dos dados para as tarefas de análise. Essa abordagem permite que as mesmas superfícies ou distâncias sejam capturadas com um número menor de sistemas de câmeras do que no caso de soluções convencionais.

Durante a vigilância ou observação, os operadores podem ampliar simultaneamente qualquer área da imagem, mantendo sempre a representação em alta resolução de todo o evento. Eles também podem executar esta ação quantas vezes quiserem com uma resolução extremamente alta em todas as áreas de detalhes de toda a cena, mesmo após o backup: uma função muito importante em situações complexas ou para uma avaliação forense bem-sucedida. Agora, esta tecnologia recebeu a patente europeia nº 2715692.

Ao mesmo tempo, as câmeras Panomera fornecem ‘cobertura total’ no sentido estrito da palavra: em cada área parcial da superfície a ser monitorada, a qualidade da imagem não é inferior à especificada. O critério de desempenho decisivo neste caso é a chamada “densidade de resolução”, definida com a unidade de pixels por metro (px / m) na DIN EN 62676-4.

Para identificar uma pessoa desconhecida, por exemplo, é necessário um mínimo de 250 px / m no quadro correspondente. Isso garante que as gravações de vídeo sejam suportadas como evidência em tribunal e é especialmente importante para aplicativos de análise de vídeo (como classificação de objetos) que exigem qualidade mínima constante dos dados e planejado com precisão.

Também é especialmente importante para procedimentos de análise futura baseados em inteligência artificial (IA) que nem sequer estão disponíveis no mercado. Dessa forma, o cliente agora pode garantir, com a Panomera e sua tecnologia de sensores de câmera, qualidade de dados adequada para proteger seus investimentos.

Com alta qualidade de imagem em toda a área e, como consequência, a necessidade de um número significativamente menor de equipamentos, as câmeras Panomera também reduzem significativamente a despesa correspondente em infraestrutura (custos dos postes, instalação e fiação, pontos de instalação, telas para monitorar, entre outros elementos).

Milhares de sistemas Panomera já atingiram a terceira geração e são utilizados por operadores em todo o mundo em diferentes setores e aplicações, como estádios, aeroportos, segurança urbana, manufatura, além de empresas de cassinos ou logística. As soluções Panomerap podem ser operadas com o sistema de gerenciamento de vídeo Dallmeier (VMS) ou integradas a sistemas de terceiros.

Origem: Revista Digital Security

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Guia do CFTV

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

 

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

 

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.