Samu de Porto Alegre inicia monitoramento de vítimas

Sistema de videomonitoramento é uma parceria entre a EPTC, Procempa e a equipe de informática do HPS.
O Samu de Porto Alegre iniciou, neste mês de abril, o monitoramento visual de pessoas que circulam pelas ruas da Capital. O sistema de videomonitoramento é uma parceria entre a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Procempa e a equipe de informática do Hospital de Pronto Socorro. A ferramenta auxilia na localização das vítimas de acidentes de trânsito e na tomada de decisão do médico regulador, que acompanha em tempo real os fatos e providencia o deslocamento da ambulância para atendimento.

O serviço funciona com um monitor previamente instalado, que apresenta um mosaico de imagens que são selecionadas e expandidas em tela inteira focando a vítima. As câmeras são da fabricante Axis com Zoom ótico 26x e digital 12x localizadas em pontos estratégicos e cruzamentos de maior tráfego da cidade. A imagem é compartilhada com o Samu e a câmera é operada remotamente via software apropriado.

A segunda etapa do projeto prevê uma câmera dentro da ambulância para orientar as equipes de suporte básico no atendimento da urgência.
 
 
 
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.