Alckmin estuda monitoramento por vídeo

Um dia após serem divulgadas denúncias de tortura em uma das unidades da Fundação Casa, na Vila Maria, zona norte de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin afirmou que está avaliando a possibilidade de instalar câmeras de vídeo para monitoramento de todas as unidades, a exemplo do que já ocorre em algumas escolas estaduais.

Alckmin disse que conversou nesse domingo, 18, com a presidente da fundação, Berenice Giannella, sobre essa hipótese. “A fundação tem feito um bom trabalho e é uma instituição séria. Conversamos ontem (com Berenice) sobre a hipótese de ampliar o monitoramento por vídeo. Hoje a maioria das escolas do Estado já tem câmera de vídeo, nós temos uma central de monitoramento. Talvez podemos ampliar esse trabalho.”

A sessão de espancamento ocorreu após uma tentativa de fuga e foi filmada. As imagens foram exibidas pelo Fantástico, da TV Globo. Nesta segunda-feira, 19, mais um funcionário acusado de participar dos atos de violência foi afastado da instituição. Nas imagens exibidas, os funcionários dão socos, tapas, pontapés e até cotoveladas nos adolescentes, que estão apenas de cuecas, em uma sala do local. As imagens seriam de 3 de maio.

origem: http://www.dgabc.com.br/Noticia/476672/alckmin-estuda-monitorar-fundacao-casa-por-video?referencia=minuto-a-minuto-topo

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.