MP proíbe bebidas alcoólicas e exige câmeras de segurança para Estadual 2014

Reunião entre Federação de Futebol de MS e Ministério Público definiu exigências que cumpram o estatuto do torcedor, entre elas a proibição da venda e consumo de bebida alcoólica no Estadual de futebol 2014, que começa neste sábado (18). Além disso, câmeras de segurança serão colocadas nos estádios para monitoramento do público presente.

A medida exige que os estádios com capacidade superior a dez mil pessoas tenham monitoramento. O estádio Morenão, em Campo Grande, é o único da competição que precisará instalar as câmeras.

Conforme publicação do Diário Oficial do Ministério Público de MS, os estádios Laertão, em Costa Rica; Noroeste, em Aquidauana; Ninho da Águia, em Rio Brilhante; Douradão, em Dourados; Loucão, em Maracaju; e Andradão, em Nova Andradina, serão alvo de inquérito para avaliar as condições de segurança dos mesmos.

Comercial e Misto abrem competição neste sábado

A abertura do Estadual será às 16 horas, no Morenão, com o jogo entre Comercial e Misto de Três Lagoas. No Douradão, às 19h30, o Ivinhema recebe o Naviraiense. No domingo, mais quatro jogos, entre eles Cene e Novoperário, também no Morenão, às 16 horas, com transmissão televisiva.

origem: http://www.cassilandiajornal.com.br/?pg=noticia&id=3946

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.