Cientistas de Taiwan afirmam ter criado o menor microchip do mundo

Tecnologia permitirá armazenar 1 milhão de fotos. Chip tem 20 vezes mais capacidade que outros no mercado.

Cientistas de Taiwan afirmam ter criado o menor microchip do mundo

Cientista mostra o tamanho do novo microchip em comparação com outros. (Foto: Patrick Lin, AFP)

Cientistas de Taiwan revelaram nesta terça-feira (14) uma tecnologia demicrochip que, segundo eles, marca um avanço no armazenamento de memória em espaços ainda menores. Os pesquisadores esperam levar a tecnologia aos dispositivos eletrônicos, como smartphones e tablets.

Segundo Yang Fu-liang, diretor-geral do laboratório, usando essa tecnologia, um chip do tamanho de 1 centímetro quadrado será capaz de armazenar 1 milhão de fotos ou 100 horas de filmes em 3D.

Os cientistas produziram um microchip de apenas 9 nanômetros – um nanômetro equivale a um bilionésimo de 1 metro. “Se costumava acreditar que 20 nanômetros era o limite para a tecnologia de microchip”, disse HoChia-hua, chefe da equipe que está por trás do projeto no laboratório “National Nano Device”.

Um chip usando a nova tecnologia tem cerca de 20 vezes maior capacidadede armazenamento em comparação com os dispositivos disponíveis no mercado, e consome apenas um ducentésimo da eletricidade, disseram os cientistas. 
 
 
 
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.