Cisco poderá ajudar governo da China a vigiar seus cidadãos

Sistema de vigilância está sendo construído na cidade de Chongqing e deve ser concluído num prazo de dois a três anos. Executivos da companhia não detalharam envolvimento da empresa no projeto
A Cisco Systems poderá integrar o ambicioso projeto de vigilância na China – uma rede com 500 mil câmeras. Segundo as autoridades chinesas, o projeto ajudará a combater o crime. Entretanto, defensores dos direitos humanos alertam que o objetivo pode ser o de perseguir opositores políticos. 
O sistema está sendo construído na cidade de Chongqing e deve ser concluído num prazo de dois a três anos, além de estar entre os maiores e mais sofisticados projetos de vigilância por vídeo desse tipo no país. Batizado de "Chongqing Pacífica", o sistema foi planejado para tentar cobrir 500 mil cruzamentos, bairros e parques num território de cerca de 1.000 quilômetros quadrados, o equivalente a mais de dois terços da cidade de São Paulo.
Os aparatos para a segurança incluem desde software para censura de conteúdo na internet até sofisticados aparelhos de vigilância. De acordo com informações do jornal The Wall Street Journal, a Cisco está com as negociações avançadas para fornecer equipamentos de rede.
Os executivos da Cisco, com sede em San José, na Califórnia, não quiseram discutir o envolvimento da empresa em detalhes. Porém, um porta-voz afirmou que a companhia "não vendeu câmeras de vídeo ou soluções de vigilância por vídeo para nenhum dos projetos de infraestrutura na China." A Cisco é a maior fabricante mundial de equipamentos de rede, que incluem sistemas de roteamento e de conexão que transmitem dados entre computadores e conectam esses sistemas à internet.
 
 
 
 
 
Origem: Revista IP
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.