TVs de tela plana e as novas tecnologias de conservação de energia

A conservação da energia elétrica nunca esteve tão na mira dos consumidores brasileiros como agora.

Para os fabricantes, isso significa que o consumo eficiente e os benefícios ambientais dos seus produtos são uma vantagem a mais na disputa por espaço no mercado.

O segmento de televisores de tela plana, reconhecidamente um grande devorador de energia, tem trabalhado seriamente para mudar essa imagem e desenvolver produtos mais eco-eficientes e atender à demanda de consumidores vigilantes.

Segundo especialistas do setor, os televisores de tela plana consomem muito mais energia do que os tradicionais televisores CRT de tela convencional. No caso dos televisores de tela plana com dimensões maiores, o consumo de energia é uma desvantagem já que telas maiores consomem mais eletricidade. Descobriu-se por meio de pesquisas mundiais que um número cada vez maior de pessoas já começaram a escolher TVs de tela plana que sejam ecológicas e que conservem energia.

Alguns fabricantes de TVs já fizeram grandes investimentos no desenvolvimento de novos materiais, como um novo tipo de resina que pode ser reciclado várias vezes e um novo tratamento não-tóxico para displays, abolindo de forma permanente o uso de metais pesados, como o chumbo e o mercúrio. Outras empresas construíram fábricas ecologicamente corretas em diversas regiões do mundo. E algumas outras ainda resolveram focar no desenvolvimento de novas tecnologias, incorporando os conceitos ‘verde’ e ‘meio-ambiente’, como a aplicação de novas tecnologias de IPS (In-Plane Switching).

Em comparação com os painéis VA, a tecnologia IPS conseguiu reduzir ainda mais o consumo de energia. A tecnologia IPS alinhou horizontalmente o cristal líquido com uma simples estrutura de pixel e a função OPC projetada para ajustar o brilho da luz de acordo com o brilho das imagens. Uma TV com tecnologia IPS proporciona um consumo de energia acumulada em cerca de 30%. A tecnologia IPS também é capaz de projetar feixes de linhas de Copper, o que ajuda o painel a reproduzir conteúdos em altas velocidades sem perda de informação.

Especialistas de LCD na China divulgaram que as TVs de painel já ocupam o 4º lugar no ranking de produtos eletrônicos que mais consomem energia, perdendo apenas para aparelhos de ar-condicionado, aquecedores e geladeiras. O desenvolvimento de televisores de painel com baixo consumo de energia é uma contribuição muito importante para as iniciativas de conservação de energia.

Os especialistas acreditam que somente quando uma inovação tecnológica atinge um preço acessível é que os novos produtos poderão ser vendidos com sucesso no mercado em geral. Entretanto, produtos diferenciados, desenvolvidos para conservar energia e com tecnologias que não agridem o meio-ambiente, serão sempre bem recebidos pelo consumidor e a natureza agradece.

Origem:
Hill&Knowlton
Mariana Paker
Thais Thomaz

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.