Supercâmeras vigiam e identificam torcidas em clássico no Pacaembu

O clássico deste domingo entre Corinthians e Palmeiras, no Pacaembu,
recebe um projeto piloto de segurança para monitoramento dos estádios. O
torcedor tem seu rosto registrado na chegada e passa a ter seu
comportamento na arquibancada vigiado à distânciia por meio do zoom de câmeras de alta definição.

Desenvolvido em conjunto por três empresas de tecnologia, o sistema,
semelhante a alguns já implementados em estádios europeus, ainda passa
por testes. Antes desta tarde, ele foi utilizado em três partidas deste
ano (Corinthians x São Paulo, Palmeiras x Ajax e Palmeiras x Oeste), com
apoio da Federação Paulista de Futebol e da Polícia Militar.

"Por
se tratar de um projeto piloto, perguntamos à federação e espalhamos
seis câmeras nos locais mais sensíveis (onde geralmente ocorrem
confusões) do estádio", explica Anderson Luiz Carvalho, gerente de
marketing do Grupo Policom, uma das três empresas envolvidas no projeto,
ao lado da Abex Brasil e da NNW. "Já para ter cobertura completa do
Pacaembu, seriam necessárias no mínimo uma câmera por portão de entrada
mais dez em seu interior".

 

origem:http://www.gazetaesportiva.net/noticia/2012/03/campeonatos-paulista-2012/supercameras-vigiam-e-identificam-torcidas-em-classico-no-pacaembu.html


Sirlei Madruga de
Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do
CFTV


Avalie
esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma
informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos
os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das
fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer
responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que
é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte
redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.