Pesquisador de segurança descobre senha ‘123456’ em câmera IP

Um pesquisador de segurança, que se identifica apenas como “Z Balazs”, descobriu que uma câmera IP que possui um “canal secreto” de administração cuja senha não pode ser mudada pelo usuário: 123456. Caso um invasor possa acessar a câmera em questão pela rede, a câmera pode ser invadida a partir desse acesso. A análise do problema foi publicada no sábado (26) no blog “Jump ESP, Jump”.

Câmeras IP são filmadoras cujo acesso ao vídeo e configuração são realizados pela rede. É um considerado um equipamento de “internet das coisas”. O pesquisador não revelou o modelo e a marca da câmera, porque disse que ainda vai aguardar uma resposta do fabricante. Há ainda a possibilidade de o problema existir em outras câmeras, inclusive de marcas diferentes, pois vários equipamentos usam tecnologia semelhante em seu desenvolvimento.

O canal secreto de controle da câmera funciona por meio do protocolotelnet”. O pesquisador tentou várias senhas comuns para entrar nesse canal, mas acabou desistindo.

A senha foi descoberta quando o pesquisador tentou usar um recurso da câmera que permite o envio de dados a um servidor de arquivos FTP. O recurso não funcionou, porque a senha do FTP tinha o caractere “$”. Esse caractere não é corretamente processado pela câmera, permitindo então que a senha do FTP com “$” torne-se uma via para a execução de comandos.

Com isso, o pesquisador conseguiu enviar um comando para alterar a senha da câmera. Uma vez dentro, ele identificou que a senha original era simplesmente “123456”.

Para o pesquisador, esse canal secreto desprotegido é uma “porta dos fundos”. Ele não está descrito no manual. A vulnerabilidade só não é maior porque a câmera não foi projetada para expor esse canal na internet. Mas, dependendo da configuração da rede, isso pode acontecer.

O uso da câmera em redes locais, como empresas, pode viabilizar um ataque a alguém que tenha acesso à mesma rede em que a câmera está. Isso pode acontecer, por exemplo, se uma empresa usa mesma rede para a câmera e para um Wi-Fi destinado a visitantes ou colaboradores.

No entanto, mesmo o painel normal da câmera – que é configurado para ficar exposto na internet – não tem uma segurança adequada, pois usa uma senha de apenas quatro números.

O blog Segurança Digital já alertou que dispositivos para a “internet das coisas” devem ser inteligentes e trazer uma boa configuração de segurança de fábrica. Infelizmente, casos como esse mostram que os fabricantes estão mais preocupados em reduzir custos do que desenvolver sistemas minimamente seguros.

origem: http://g1.globo.com/tecnologia/blog/seguranca-digital/post/pesquisador-de-seguranca-descobre-senha-123456-em-camera-ip.html

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.