Governo e Prefeitura discutem parceria para Centro Integrado de Monitoramento

Escutar o áudio deste artigo

O sistema será usado por órgãos do Estado e Prefeitura para o aumento da segurança em espaços públicos.

  A primeira reunião para viabilizar uma parceria entre o Governo do Piauí e a Prefeitura de Teresina, além da construção de um Centro Integrado de Gestão e Monitoramento, foi realizada na sede da Agência de Tecnologia da Informação do Estado. O centro abrigará serviços da ATI, Secretaria da Segurança Pública, PF, PRF, Strans, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Polícias Civil e Militar. 

Durante o encontro foi esclarecido que um único sistema de monitoramento será utilizado pelos órgãos do Estado e Prefeitura, por meio da padronização de equipamentos, tais como rede de fibra ótica, cabeamento e câmeras de segurança.

O uso mútuo desse projeto visa, principalmente, ao aumento da segurança em espaços de sociabilidade e lazer como praças, mercados, terminais de integração, escolas e em eventos de grande porte realizados pela gestão pública. Benefícios como redução de custos e melhoria em serviços também estão previstos.

De acordo com o diretor-geral da ATI, Avelyno Medeiros, está sendo feito um levantamento da infraestrutura atual de que dispõem o Governo e o município. “Com estas informações, formaremos uma comissão para visitar e conhecer a realidade de centros de monitoramento já implantados em outros estados, para termos um modelo e adequá-lo à realidade do Piauí”, conta Avelyno.

Segundo o assessor técnico da Secretaria da Segurança, Carlos Galvão, o Estado já cedeu um terreno para construção do espaço de monitoramento. “O termo de cessão, inclusive, foi publicado no Diário Oficial, resta concluir a parceria e dar andamento ao projeto que vai beneficiar tanto a capital como os municípios do interior, além de permitir que nossos órgãos de segurança tenham uma comunicação direta com outros estados”, comenta o assessor.

Participaram da reunião Renato Berger e Geraldo Câncio, presidente e diretor técnico da Prodater, respectivamente; David Amaral, Nataniel do Vale e Haroldo Júnior, diretor técnico, diretor de Gestão Estratégica e assessor jurídico da ATI, respectivamente, e ainda o major José Veloso, representando o Corpo de Bombeiros.

origem: http://www.piaui.pi.gov.br/noticias/index/id/23734

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’  

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.