Câmeras de monitoramento reforçam ações preventivas no Centro

O sistema de segurança no Centro de Curitiba recebeu nesta sexta-feira (1) mais duas câmeras de monitoramento PTZ (Pan/Tilt/Zoom) – também conhecidas como “speed dome”.

Os equipamentos capturam imagens panorâmicas, com inclinação e zoom, com ampla cobertura de área e alta definição. As imagens gravadas pelas câmeras são armazenadas no Centro de Controle Operacional (CCO). Os equipamentos foram instalados entre as ruas Trajano Reis e Treze de Maio e na esquina das ruas Trajano Reis e Inácio Lustosa; dois pontos de grande fluxo de veículos, intenso movimento de pedestres e diversos bares e lojas. No total, agora são dez câmeras do modelo instaladas nas ruas da cidade.

Acompanhado de secretários municipais, do administrador Regional Matriz, Mauricio Figueiredo Neto; e de técnicos municipais, o prefeito Gustavo Fruet vistoriou as duas instalações e explicou aos moradores e comerciantes da região central o funcionamento das câmeras e o sistema de controle nos 19 eixos monitorados em Curitiba. “São mais câmeras na cidade. Aqui, na região central, por uma emenda do vereador Jonnhy Stica, reforçamos a estrutura de comunicação e monitoramento da Guarda Municipal. Todos estes dados são colocados também à disposição da Polícia Militar e ajudam em operações integradas, na prevenção e em casos que sejam necessários um elemento de prova”, disse Fruet.

A comerciante Fernanda de Oliveira, 37 anos, tirou dúvidas sobre a importância do monitoramento da região. Os locais monitorados ganham reforço em medidas preventivas e também no combate às ações de vandalismo. Mãe de Isac, de 5 anos, Fernanda mora na Rua Trajano Reis e trabalha com o marido no bar da família. O casal percebeu a mudança de perfil dos frequentadores, com intenso fluxo de jovens à noite. “O movimento cresce e a violência aumenta também. Ela é consequência de várias coisas. A instalação das câmeras neste local deve coibir a ação de bandidos e vândalos. Se não tivesse monitoramento, seria muito ruim”, disse Fernanda.

“A instalação das duas câmeras no Centro Histórico vai ajudar as polícias Militar e Civil e todas as forças de segurança a trabalhar no combate à violência. Esse trabalho que está sendo realizado pela Prefeitura de Curitiba, juntamente com diversas secretarias, vai permitir que população frequente a região com tranquilidade”, diz o secretário municipal da Defesa Social, Rene Witek.

Pelo monitoramento eletrônico por câmeras, entre 2013 e 2015, foram feitos 1.360 atendimentos e 143 encaminhamentos de pessoas presas ou apreendidas em flagrante pela prática de delitos – em sua maioria relacionados a pichação ou uso, porte e tráfico de substâncias ilícitas. O combate à pichação recebeu 4.664 denúncias que resultaram em 822 flagrantes.

Outro reforço no combate à criminalidade na região será o ônibus de Controle Operacional, usado para monitorar as imagens das 19 câmeras de vigilância. O veículo será integrado às ações preventivas do Município e atuará como um CCO itinerante, percorrendo ruas estratégicas, em torno da Rodoferroviária, na Praça Eufrásio Correia, no perímetro do Mercado Municipal e outros locais de risco na região. O ônibus faz parte de um convênio do Governo Federal por meio do programa “Crack; é Possível Vencer”.

origem: http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/964566/?noticia=CAMERAS+DE+MONITORAMENTO+REFORCAM+ACOES+PREVENTIVAS+NO+CENTRO

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br
Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.