Universidade Federal do Acre receberá novas câmeras e uma central de monitoramento em seu câmpus

Com investimento de mais de R$1,78 milhão, foram adquiridas 494 câmeras, incluindo quatro Speed Dome com movimento de 360 graus e possibilidade de aproximação de imagem

A Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio da Prefeitura do Campus (Prefcam), iniciará, nos próximos dias, a instalação de câmeras de segurança e da central de videomonitoramento no campus-sede, em Rio Branco. O objetivo é garantir maior tranquilidade à comunidade universitária e visitantes, além de inibir ocorrência de furtos. 

O sistema de segurança eletrônica da Ufac prevê a instalação de 494 câmeras, divididas nos campi de Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Brasileia, além de uma central de videomonitoramento no campus de Rio Branco. Ao todo, será investido mais de R$1,78 milhão.

No total, foram adquiridas 494 câmeras, quatro delas no modelo Speed Dome, com movimento de 360 graus e possibilidade de aproximação de imagem. As câmeras serão instaladas nas áreas externas dos prédios, nas guaritas, corredores, entradas dos prédios e estacionamentos. Alguns locais específicos, como o Restaurante Universitário (RU) e a Biblioteca Central terão câmeras também na parte interna do prédio. Todas elas são IP e utilizarão a infraestrutura de rede da instituição, que recebeu investimentos entre 2014 e 2016.

A partir da implementação do projeto, a Ufac contará com ronda motorizada espalhada pelo campus, que foi divido em setores. A central de monitoramento dará suporte aos vigilantes da ronda motorizada. “Quando um vigilante presenciar algo suspeito, acionará, via rádio, a ronda que estiver no setor da ocorrência que chegará mais rápido ao local”, explicou a prefeita do campus, Odineide Farias de Oliveira Bassi.

A instalação das câmeras e a montagem da central de videomonitoramento devem durar 45 dias e obedecem a um cronograma de execução em que será priorizado locais com maior vulnerabilidade, como blocos de laboratórios.

Odineide ressaltou que o projeto levou em consideração dados estatísticos sobre áreas com maior número de ocorrências em anos anteriores. “Com a implantação desse sistema eletrônico, integrado com a vigilância e a segurança terceirizada, visamos aumentar a sensação de segurança para a comunidade universitária e externa. Queremos reduzir as ocorrências de furto nos campi por meio da prevenção”, disse.

origem: http://www.revistadigitalsecurity.com.br/noticia/?view=true&artigo=23882&&utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=News+DS+22%2F05%2F2017

Sirlei Madruga de Oliveira
Editora do Guia do CFTV
sirlei@guiadocftv.com.br

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’                                                                                                                                                   

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.