Veja 7 dicas para garantir sua segurança virtual em home office

Veja 7 dicas para garantir sua segurança virtual em home office

Orientações de especialistas em segurança cibernética podem garantir a proteção de dados pessoais durante o trabalho remoto

A pandemia do coronavírus obrigou o mercado de trabalho a se reinventar: 46% das empresas adotaram o regime home office, segundo estudo elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Mas o crescimento do trabalho remoto ocasionou a ascenção de ataques cibernéticos, cujas operações se atualizam cada vez mais para o sucesso no roubo de dados privados e invasões de dispositivos.

Com isso, é essencial que profissionais tomem ciência dos riscos e busquem medidas preventivas para evitarem de se tornar novas vítimas. A lista abaixo reúne sete dicas de especialistas em segurança cibernética para que você tenha sucesso no trabalho remoto sem comprometer seus dados pessoais e informações privadas de sua empresa.

1 -Entre em contato com seu empregador

Antes de mais nada, é preciso que você tenha ciência sobre as políticas adotadas pela sua empresa em meio à pandemia do coronavírus.

Fale com os responsáveis para que suas operações estejam de acordo com as medidas adotadas.

2 -Use as ferramentas de tecnologia da sua empresa

As empresas geralmente dispõem de tecnologias que garantem a sua segurança enquanto trabalha remotamente. Elas podem incluir proteção por firewall, antivírus e recursos como VPNautenticação de dois fatores (2FA).

3 -Não utilize programas alternativos

Por conta do trabalho remoto, grande parte das ferramentas são colaborativas, permitindo o uso simultâneo dos funcionários.

Portanto, caso deparar-se com inconsistências operacionais — sejam em dashboards, em plataformas de mensagens ou em vídeoconferências — é importante que você não tente fazer “gambiarras” para seguir trabalhando. Isso pode fazer com que você baixe um programa malicioso e exponha todos os dados da empresa, além dos seus, para pessoas não autorizadas.

A melhor saída é contatar seus supervisores para encontrarem uma saída em conjunto

4 -Tome conhecimento das atualizações de seus programas

As atualizações de softwares buscam otimizar as operações e corrigir bugs que foram encontrados.

Fazer updates das últimas versões em suas ferramentes diminui os riscos de problemas com incompatibilidade sistêmica e proporciona maior segurança aos seus dados.

5 -Ative a VPN

As VPNs (redes virtuais privadas) permitem o tráfego de dados de maneira mais seguro, além de concederem acesso a redes fora do país.

O serviço mantém suas informações protegidas de cibercriminosos e é capaz de fornecer um link seguro entre você e sua empresa.

6 -Tome cuidado com os golpes virtuais

Um dos métodos mais explorados pelos hackers durante a pandemia tem sido os e-mails de phishing — golpes cibernéticos cujas informações confidenciais são coletadas por meio de URLs falsas e arquivos maliciosos. Os malwares podem permitir que cibercriminosos acessem o seu computador e coletem informações comerciais e financeiras de seus empregadores.

Fique atento aos e-mails suspeitos e, caso ficar com dúvida sobre a veracidade da mensagem, reporte para a sua equipe.

7 -Desenvolva uma rotina

Trabalhar em casa vai exigir uma mudança de seu dia a dia. Cabe a você encontrar uma forma para trabalhar com eficiência e realizar suas atividades pessoais. Não se esqueça de manter contato com seus colegas de trabalho.

origem: Olhar Digital

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.