Número de câmeras de monitoramento aumenta 47%

Número de câmeras de monitoramento aumenta 47%. Vinte e uma regiões administrativas já contam com a tecnologia de ponta

Ações coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) e forças de segurança têm sido primordiais para a redução das ocorrências criminais no Distrito Federal. O uso da tecnologia – por câmeras de videomonitoramento – tem subsidiado grande partes dessas ações.

Em dezenove meses, o número de equipamentos instalados aumentou 47%. Em janeiro de 2019, o Distrito Federal contava com 584 câmeras. Atualmente são 859 instaladas.

Vinte e uma regiões administrativas já contam com a tecnologia de ponta. Atualmente, Águas Claras, Areal, Ceilândia, Itapoã, Plano Piloto, Recantos das Emas, Riacho Fundo I e II, Samambaia, Taguatinga, Santa Maria, Park Way, Planaltina, Sobradinho I e II, Gama, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Estrutural e Setor de Cargas (SCIA), São Sebastião. Já estão sendo instaladas câmeras no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) e no Guará.

“O uso das câmeras de videomonitoramento contribui de forma eficiente com o trabalho realizado pelas forças de segurança, por aqueles que estão em campo, com investigações realizadas pela  Polícia Civil e órgãos do Judiciário, como Ministério Público e tribunais, e ações de policiamento da Polícia Militar. Estamos investindo fortemente na ampliação desses equipamentos, pois nosso objetivo é que todo o Distrito Federal esteja monitorado”, contou o secretário de Segurança Pública, o delegado Anderson Torres.

São câmeras em alta resolução. Todas as imagens são transmitidas para o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob). Atualmente, 29 multiagências fazem parte da estrutura do centro e podem contar com as imagens. “Já tivemos casos de um problema da CEB, por exemplo, ser resolvido com maior rapidez por conta do acionamento de nossas câmeras do Ciob. Com elas, podemos monitorar o trânsito e acompanhar grandes eventos e manifestações públicas”, explicou o gerente de eventos da Subsecretaria de Operações Integradas (SOPI), da SSP/DF, major Alisson Nobre.

origem: Agência Brasilia

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.