Alta demanda do setor de segurança eletrônica estimula indústria de software na América do Sul

Empresas líderes em programação de software para o setor de segurança eletrônica se reuniram esta semana em São Paulo (SP), nos dias 14 e 15 de setembro, para participar de uma conferência sobre oportunidades de inovação em sistemas de videovigilância em rede.

O encontro contou com a presença de representantes de países de toda a América do Sul, onde tem sido registrado um aumento no interesse dos clientes finais por soluções customizadas e dotadas de recursos cada vez mais inteligentes. A conferência é uma iniciativa da Axis Communications, empresa sueca inventora das câmeras IP, para promover o desenvolvimento de soluções baseadas em vídeo IP de alta qualidade para usuários finais, oferecendo suporte de forma ativa para parceiros qualificados. Esses encontros ajudam as companhias a perceberem oportunidades de desenvolvimento a partir das inovações oferecidas pelos produtos da Axis, ampliando a realização de negócios em conjunto. “A demanda do mercado por novos produtos e funcionalidades exige uma constante atualização por parte dos desenvolvedores”, afirma Andrei Junqueira, responsável pelo programa de desenvolvedores Axis. “A implementação contínua de recursos para análise de vídeo nos produtos só tem utilidade para o cliente final se os parceiros puderem desenvolver inovações para suas soluções de software”, explica. As receitas geradas mundialmente por softwares de segurança devem ultrapassar US$ 16.5 bilhões em 2010, um aumento de 11.3% em relação ao ano passado. A previsão foi publicada em agosto pelo Gartner, referência em pesquisas de mercado na área de TI. “No mercado de software empresarial, a área de segurança se manterá entre as de maior crescimento”, disse Ruggero Contu, analista de pesquisas do Gartner.Somente no Brasil, o setor de segurança eletrônica deve atingir US$ 2 bilhões este ano, considerando integradores e prestadores de serviço, segundo a Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Em 2009, esse mercado registrou um crescimento de 7%, com faturamento de aproximadamente US$ 1,5 bilhão, de acordo com estimativas da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese).
Antecipando-se a essas necessidades, a Axis lançou 20 produtos somente em 2009. O portfólio da fabricante será ampliado em mais 15 produtos até dezembro deste ano, o que reforça a necessidade de manter os parceiros atualizados e capazes de oferecer soluções de análise de vídeo a partir de recursos avançados. 
 
 
Origem: Portal Jornow/SP
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.