Setor de segurança requer de equipamentos a serviços

Junto
com o crescimento do patrimônio dos brasileiros, vem se desenvolvendo
também uma maior preocupação com a proteção dele. Segundo a Associação
Brasileira de Serviços Eletrônicos de Segurança (Abese), o mercado
brasileiro de equipamentos como alarmes e câmeras de vigilância vem
crescendo numa média de 11% ao ano desde 2001.

 Com
o desenvolvimento de tecnologias mais sofisticadas, hoje o setor
representa uma oportunidade não só para o fornecimento de equipamentos,
mas também para a prestação de serviços de instalação, gestão e
manutenção

O público dessas empresas abrange residências, condomínios, prédios de escritório e indústrias. O
mercado vem, no entanto, exigindo aparelhos cada vez mais complexos,
que requerem das empresas especializadas e profissionais qualificados
para sua gestão.

Redes de monitoramento complexas exigem o desenvolvimento de softwares próprios, além de técnicos para instalação


Segundo a Abese, Sul e Sudeste concentram 73% do mercado de segurança
do País.
Além do avanço sobre novas regiões, outro fator que promete aumentar as
vendas é a transição de sistemas tradicionais, que transmitem os dados
via linha telefônica, para os mais modernos, que se utilizam tecnologias
GPRS, ethernet ou TCP-IP, o mesmo protocolo da internet

 

origem:http://www.abese.org.br/clipping02-05-2012/#a1


Sirlei Madruga de
Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do
CFTV


Avalie
esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma
informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos
os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das
fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer
responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que
é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte
redatora.’ 

 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.