O preço da segurança

População de Manaus amplia gastos para proteger as casas da violência que atinge a cidade. Nos últimos 15 anos, o número de lojas que comercializam equipamentos de segurança em Manaus cresceu quase 2.000%, ao passar de dez para quase 200 empresas.

Devido ao medo de assaltos e da violência, os manauenses aumentaram o consumo de produtos como cercas elétricas, sistema de alarmes e circuitos fechados de TV, ajudando a expandir o mercado de segurança eletrônica na cidade.O consultor na área de segurança e empresário do ramo, Edson Araújo, que possui 10 anos de atuação na área, afirma que para entender esse “boom” de empresas é preciso levar em consideração o aumento da procura por equipamentos para os chamados circuitos fechados de TV (CFTV). “A nova mania é instalar sistemas de segurança que possam ser acessados de qualquer lugar por meio de tablets ou smartphones, desde que haja internet disponível”, conta.

“A segurança patrimonial, ou seja, aquela feitas pelos chamados vigias, aos poucos foi sendo substituída pela eletrônica, porque as pessoas que contratavam os serviços foram tendo problemas de confi ança com os funcionários. A segurança inteligente dos equipamentos eletrônicos resolveu esse problema

origem: http://www.abese.org.br/clipping17-06-2013/#a1

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 



Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.