Hospital Sírio-Libanês, de Brasília, investe em tecnologia para segurança

A instituição implementou soluções numa iniciativa que contemplou projeto de infraestrutura, TI e segurança eletrônica, além do gerenciamento de Enfermagem e o rastreamento de equipamentos médicos e ativos

A estrutura de um hospital é complexa. Para oferecer o melhor atendimento ao paciente, não basta ter apenas os equipamentos de última geração e médicos qualificados. Uma instituição médica requer infraestrutura física para ambientes de tecnologia da informação e telecomunicações à altura das demandas hospitalares.

Este patamar estrutural é ainda mais complexo quando se trata de um Hospital, como é o caso do Sírio-Libanês, um dos mais reconhecidos do país e da América Latina. A instituição implementou no recém-inaugurado hospital Sírio-Libanês, em Brasília, soluções de instalações especiais, numa iniciativa que contemplou projeto de infraestrutura, TI e segurança eletrônica, além do gerenciamento de Enfermagem e o rastreamento de equipamentos médicos e ativos. “A opção foi investir na tecnologia não apenas como uma solução de segurança, mas como uma ferramenta de gestão, atendimento e inovação”, explica Luciana Cartocci, diretora-executiva da Teleinfo Soluções – empresa responsável pelo projeto na instituição.

No Sírio-Libanês, em Brasília, o objetivo foi integrar as tecnologias disponíveis, atuando desde a infraestrutura física até a ponta (periféricos e softwares), trazendo mais sinergia para o projeto. “Para Hospitais novos, como o Sírio-Libanês, em Brasília, são estabelecidos padrões para os serviços e para o funcionamento eficiente dos sistemas implementados no mercado de saúde, que dependem de base de infraestrutura confiável para continuarem como solução e não problema”, diz Luciana.

TI E SEGURANÇA ELETRÔNICA

A execução do projeto no Sírio-Libanês da Capital Federal pela Teleinfo durou sete meses. Os principais destaques do trabalho realizado na instituição foram, segundo Luciana, o cronograma, a integração de todos os sistemas, a convergência das soluções, o projeto de rastreamento de equipamentos médicos e ativos e o gerenciamento de enfermagem integrada com o Siga-Me. As ações da Teleinfo contemplam a implementação de toda a Infraestrutura de TI dentro da norma hospitalar ANSI/TIA-1179-A Healthcare.

A área de Segurança Eletrônica possui integrações entre acesso e vídeo, com soluções de vídeo analítico embarcadas, como contagem de pessoas, reconhecimento facial, perímetro, entre outras. “A solução integrada que a Teleinfo implantou no novo hospital Sírio- Libanês, em Brasília, vai além da segurança da instituição: por meio dos sistemas de CFTV e Controle de Acesso integrados aos sistemas de gestão do hospital, são priorizados a excelência da prestação de serviços e a experiência do paciente,” diz Luciana.

O sistema de vídeo vigilância da Axis Communications por meio de seus analíticos inteligentes atua na contagem de pessoas e na formação de filas no atendimento das recepções, contribuindo com as auditorias internas e no controle de qualidade. Ainda com foco na gestão, analíticos de vídeo são utilizados para estatística de investigação, detecção, classificação, atributos, comportamentos, faces e objetos.

“Analíticos inteligentes também são utilizados para o controle efetivo da segurança da área perimetral do Sírio-Libanês. Qualquer movimentação nos limites de propriedade é alertada em tempo real na central de operações, sendo que a câmera móvel mais próxima enquadra, automaticamente, o evento para o seguimento dos procedimentos operacionais de segurança”, comenta Luciana.

Home UncategorizedHospital Sírio-Libanês, de Brasília, investe em tecnologia para segurança

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.