Câmeras de videomonitoramento já estão funcionando em três cidades gaúchas

Cinco municípios já estão em fase de testes e outros seis, em processo de instalação dos equipamentos

Das 525 câmeras que começaram a ser instaladas no início do mês passado para videomonitoramento em 36 cidades gaúchas, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informa que o sistema já está funcionando em Harmonia, no Vale do Caí, e em Sapucaia do Sul e Cachoeirinha, na Região Metropolitana. Nestes locais, os equipamentos já estão reforçando o combate à criminalidade.

Em outras cinco cidades, o sistema já está em fase de testes, e em seis estão ocorrendo a instalação das câmeras e de salas de monitoramento. O prazo para conclusão é julho de 2020, mas o governo acredita que em fevereiro todo o trabalho esteja concluído.

SSP lembra que, ao todo, as câmeras são distribuídas em 151 pontos de videomonitoramento e 187 de cercamento eletrônico. O que difere o cercamento eletrônico do videomonitoramento simples é o fato de que o primeiro capta imagens de placas de veículos e emite alertas automáticos em caso de situação de furto ou roubo de veículos, por exemplo. Nas três cidades onde o sistema já está funcionando, operam 21 câmeras com monitoramento simples, além de duas salas de controle, em Harmonia e Sapucaia do Sul.

Outros 46 equipamentos já foram colocados em Alvorada, Gravataí, Guaíba, Lindolfo Collor e Dois Irmãos. No momento, os técnicos da SSP e a empresa responsável pelo projeto estão testando o software nas câmeras para que o sistema esteja em funcionamento nos próximos dias. Além disso, mais 106 equipamentos estão sendo instalados em outros seis municípios: Esteio, Canoas, Sapiranga, Campo Bom, São Leopoldo e Novo Hamburgo. Ainda falta instalar um total de 352 câmeras em outros 22 municípios.

O objetivo geral é combater todo o tipo de crime possível, mas principalmente o furto e roubo de veículos. O investimento total é de R$ 18,7 milhões. De acordo com o cronograma, Novo Hamburgo e São Leopoldo são as cidades que mais terão pontos destinados para cercamento. Já Santa Maria e Bento Gonçalves são as que mais terão câmeras para o videomonitoramento.

Origem: Gaucha ZH

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Guia do CFTV

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

 

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

 

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.