Empresas estão usando DeepFakes em vídeos de treinamentos

Realmente estamos vivendo um período de aceleração de inovação, especialmente no que envolve soluções para distanciamento social, saúde e cuidados pessoais.

Com as restrições impostas pelo isolamento social, a gravação de vídeos se tornou mais difícil e caro, por isso, algumas empresas passaram a recorrer ao uso de mídia sintética, como é o caso da gigante de publicidade WPP. Neste mês, a empresa enviará vídeos de treinamentos para milhares de colaboradores ao redor do mundo — os vídeos foram criados usando Inteligência Artificial (rostos e palavras) de forma que o idioma será adaptado para o mesmo do destinatário do vídeo.

Essa técnica, batizada de deepfake, ficou conhecida principalmente pelo uso indiscriminado para substituição de rostos, bullying e pornô, mas, agora, grandes empresas estão adotando a tecnologia para propósitos como o treinamento corporativo.

Esse tipo de tecnologia tem um potencial enorme na área de educação, mas também traz ameaças grandes facilitando deepfakes em fake news. Como qualquer tecnologia, sempre existem os dois lados da moeda.

 

Origem: https://futurodosnegocios.com.br/

 

Eng. Marcelo Peres

mpperes@guiadocftv.com.br

Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Gostaria de sugerir alguma notícia ou entrar em contato, clique Aqui!

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.