Sony lança solução de monitorização baseada em IP

A Sony acaba de lançar a plataforma de tecnologia de Arquitectura de Processamento Melhorado Distribuído (DEPA – Distributed Enhanced Processing Architecture), que permite às empresas implementarem redes de monitorização IP de elevado desempenho sem sobrecarga da infra-estrutura IP existente.

Com as ameaças de segurança ainda a pairar na Europa, as organizações precisam de soluções que utilizem fluxos de trabalho mais simplificados e robustos para reduzir os riscos e melhorar a segurança pública. Os sistemas CCTV analógicos fornecem salas de controlo com ‘olhos’ adicionais, mas não alertam proactivamente para potenciais ameaças.

Como líder no vídeo de rede, a Sony utilizou a sua experiência ímpar para construir novas tecnologias de vigilância que são suportadas por um fluxo de trabalho revolucionário que ajuda a resolver os desafios de segurança que as organizações enfrentam hoje em dia. Isto conduz à criação de uma nova geração de câmaras de segurança inteligentes que podem detectar potenciais ameaças.

Hoje, o conceito de câmara inteligente foi alargado com a nova arquitectura que suporta um fluxo de trabalho mais lógico e robusto – a plataforma da tecnologia da Arquitectura de Processamento Melhorado e Distribuído (DEPA). A DEPA suporta as câmaras inteligentes da Sony e integra também o software de gestão e monitorização IP premiado da Sony, RealShot Manager. A última versão desta aplicação está também preparada para DEPA e, quando utilizada juntamente com as câmaras inteligentes DEPA, pode fornecer uma vista coordenada, precisa e em tempo real de uma potencial ameaça no campo de visão da câmara.

“A plataforma DEPA é o próximo passo na evolução dos sistemas de monitorização IP. Em primeiro lugar, a Sony forneceu câmaras inteligentes, agora está a completar a oferta com o fornecimento de uma plataforma técnica completa que suporta uma solução de segurança proactiva e rápida. Em vez de observar apenas as potenciais ameaças passivamente, a DEPA permite aos sistemas de monitorização actuarem independentemente das pessoas”, explicou Simon Nash, gestor de produto europeu da Sony Network Video Monitoring.

A plataforma DEPA oferece muitas vantagens significativas. A maior parte do pré-processamento tem lugar na câmara, o que reduz as comunicações de rede e os requisitos de largura de banda.

Ao concentrar-se no processamento da câmara, a plataforma DEPA minimiza também os requisitos de armazenamento para os gestores das TI. Enquanto os produtos da concorrência processam o vídeo nos servidores centrais, as câmaras da Sony fazem grande parte do trabalho de processamento de imagem no dispositivo. Isto garante que apenas os eventos reais são gravados e reduz significativamente os requisitos de armazenamento.

Por fim, como os requisitos de largura de banda são menores para um sistema de vigilância DEPA e os requisitos são consequentemente pequenos, o que leva a procuras de material de vídeo mais rápidas e garante a qualidade de imagem óptima.

Com as capacidades de processamento de imagem adicionais, os falsos alarmes provocados pelo ruído ambiental (como o movimento das árvores) podem ser minimizados e os objectos abandonados podem ser identificados com base nos metadados gerados pela câmara, estas duas funcionalidades são conhecidas como Detecção Ineligente de Movimento e Detecção Inteligente de Objectos.

Fonte: http://www.sonybiz.net
http://www.editorialbolina.com/pt/cp/artigos.php?id=1048&c=1

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.