Câmeras flagram roubo total de 4 milhões

Câmeras flagram quadrilha que levou R$ 4 milhões em 37 roubos a banco.

Grupo é apontado pela Polícia Civil como uma das mais ativas do estado
de São Paulo. Delegado suspeita que vigilantes facilitem entrada de
criminosos com armas nas agências. Uma das principais quadrilhas de
roubo a banco do estado de São Paulo foi presa na terça-feira (15) em
São Paulo. Segundo a polícia, no último ano o grupo foi responsável por
37 assaltos e por levar R$ 4 milhões.

O Fantástico teve acesso, com
exclusividade, a vídeos dos roubos praticados pelo grupo. Bem vestidos,
os criminosos conseguiam entrar com metralhadoras nas agências
bancárias. "Era a quadrilha que mais nos preocupava nos últimos dois
anos. Vinha praticando uma média de um a dois roubos por mês na capital
e na Grande São Paulo. Eles apareciam muito bem trajados, muito bem
barbeados, muito bem arrumados", conta o delegado Ruy Ferraz Fontes, do
Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado de São Paulo. Na
terça, dia da prisão da quadrilha, os criminosos chegaram a fazer
durante uma tentativa de assalto dez reféns, que não se feriram. Um dos
integrantes do grupo morreu no tiroteio com a polícia. Um chefe do
bando foi preso. "Nós tínhamos já um monitoramento muito sério dessa
quadrilha. Já estavam identificados", diz o delegado. Segundo ele, isso
só foi possível graças às imagens gravadas pelas câmeras de segurança
dos bancos. Imagens mostram flagrantes da quadrilha em dois assaltos.

A
polícia suspeita que vigilantes tenham ajudado o grupo a entrar armado
nas agências. O delegado diz ter prendido mais de dez seguranças nos
últimos seis meses. "Todos eles envolvidos com a facilitação de roubos
aqui na capital. Os vigilantes acabavam levando parte do dinheiro
subtraído das agências bancárias", aponta o delegado Ruy. O fim daquela
que seria a maior quadrilha do estado confirma uma tendência: o número
de assaltos a banco em São Paulo está diminuindo, de acordo com a
Secretaria de Segurança Pública. "Nós estamos com um nível, eu diria,
de 50% de esclarecimento desses crimes", afirma o delegado

Fonte: http://www.securitech.com.br/novidades.php?id=17

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.