Cassilândia vai adquirir câmeras e investir na segurança preventiva

A
próxima ação do Conselho Municipal de Segurança e Cidadania é a
instalação de oito câmeras de vigilância nos principais pontos de
entrada e saída da cidade. De acordo com o presidente do conselho,
Evandro Riguetti, o projeto tem o apoio da Câmara Municipal e do atual
prefeito e deve estar em funcionamento dentro de 90 dias.

Para
o secretário do Conselho, delegado Paulo Rosseto, a instalação das
câmeras de vigilância vai auxiliar na segurança preventiva, tão
importante quanto a repressiva. “Com a segurança preventiva, nós
estamos otimizando recursos humanos e materiais, além de agir antes do
crime acontecer”, afirmou e acrescentou que as câmeras permitem uma
vigilância constante, “mesmo que a polícia não esteja presente em um
determinado local, com o monitoramento os policiais podem chegar ao
local em poucos minutos.”

Segundo
Rosseto, o projeto começa com oito câmeras, mas se pretende nesta etapa
inicial instalar 20, atingindo, além dos pontos de entrada e saída da
cidade, locais estratégicos, como as principais ruas.

Além
da instalação das câmeras, o delegado adiantou que o Conselho vai
desenvolver no segundo semestre o Projeto Dueto, unindo Educação e
Esporte. O projeto consiste na escolha de 20 alunos com boas notas
escolares que vão receber aulas de artes marciais e palestras com
noções de cidadania, por representantes da sociedade. Rosseto explicou
que no decorrer do curso, menores infratores vão ser incluídos com o
intuito de se desenvolver uma nova conduta a partir da convivência com
os estudantes. O projeto também tem por objetivo transformar estes
alunos em formadores de opinião e, dessa forma, colaborar com a
sociedade, a partir de uma conduta exemplar.

 

Histórico

O
conselho municipal de segurança e cidadania foi criado em 2006, com
representantes dos diferentes setores da sociedade e tem por objetivo
propiciar uma segurança pública mais eficiente à população.

Entre
as recentes ações que o Conselho tem desenvolvido estão a
informatização da delegacia com a aquisição de seis computadores de
última geração. A aquisição de uma filmadora para a investigação e
combate ao tráfico de entorpecentes. O apoio às Polícias civil, militar
e ambiental com fornecimento para as viaturas de combustível, peças,
pneus e serviços de manutenção. O treinamento de policiais com cursos
específicos da área, entre outros.

No
ano passado o Conselho também promoveu um concurso de redação abordando
o tema da corrupção e premiou os melhores textos com três televisores
de 14 polegadas, três mp4 e três rádios com tv de 7 polegadas.

O
presidente do conselho Evandro Riguetti e o delegado Paulo Rosseto
concordam que a organização da sociedade, como no exemplo do Conselho
de Segurança e Cidadania, possibilita dar uma pronta resposta a
criminalidade e contribuir para oferecer uma segurança pública com
qualidade à população.

Rosseto
ressaltou que a criação do conselho permitiu a aplicação do princípio
da eficiência em relação à segurança pública em Cassilândia. Nestes
três anos de funcionamento, as ações do conselho têm servido de modelo
para outras cidades, entre elas a vizinha Paranaíba que pretende criar
um modelo parecido de conselho.

 

Origem: http://www.cassilandiajornal.com.br/

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.