Com medo, população de BH recorre a 145 mil câmeras de segurança

O
medo de assaltos, furtos e arrombamentos nos estabelecimentos
comerciais e nas residências está provocando um aumento na procura por
sistemas eletrônicos de vigilância. Câmeras de vídeos com imagens que
podem ser assistidas pelo celular são as mais procuradas.

Em
Belo Horizonte, a busca por esse “vigilante móvel” deve crescer 12%
neste ano, ou 15 mil novos equipamentos.
A Associação Brasileira de Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança
(Abese) estima que os belo-horizontinos gastaram R$ 144 milhões só no
ano passado.
O
diretor da Abese em Minas Gerais, Vitor Hugo Moreira, afirma que os
principais usuários desse tipo de equipamento são moradores de
condomínios residenciais e os estabelecimentos comerciais, que, juntos,
respondem 65% da demanda.

Segundo
Moreira, até o ano passado, a capital tinha 130 mil câmeras instaladas
e, até o fim deste ano, esse número vai chegar a 145 mil.
Segundo a associação, a cada 18 moradores da capital, um já instalou uma
câmera nova ou fez a reposição de uma já existente. 

 

origem:http://www.abese.org.br/clipping30-07-2012/#a3


Sirlei Madruga de
Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do
CFTV


Avalie
esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma
informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos
os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das
fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer
responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que
é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte
redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.