Parceria busca melhorar monitoramento eletrônico no Piauí

A Secretaria de Justiça se reuniu com o Comando Geral da Polícia Militar, para tratar de melhorias para a segurança pública e prisional.

  Equipe de gestores da Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) se reuniu, nesta sexta-feira (17), com o Comando Geral da Polícia Militar do Piauí, para tratar de melhorias para a segurança pública e prisional. Um dos pontos abordados foi o do monitoramento eletrônico.

A meta dos dois órgãos é formatar uma parceria que aperfeiçoe a disponibilização de dados acerca do sistema de monitoramento, vinculado à Secretaria de Justiça, por meio do compartilhamento com a Polícia Militar, através dos batalhões da corporação.

Outra linha de atuação da Sejus e do Comando será junto às instituições do sistema de justiça estadual, como o Poder Judiciário e o Ministério Público, de modo a melhorar a análise do perfil da pessoa que deve receber a tornozeleira, em quesitos como tipo de crime e grau de rigidez da punição em cada caso.

“O monitoramento eletrônico tem avançado no país e traz benefícios como redução de custos para o Estado sobre presos, melhor aplicação da pena em caso de crimes de baixo potencial ofensivo, diminuição da população carcerária e do índice de aprisionamento”, observa o secretário de Justiça, Daniel Oliveira.

No Piauí, o sistema de monitoramento eletrônico existe nos municípios de Teresina, Parnaíba e Luís Correia. Dados da Central de Monitoramento Eletrônico, órgão da Sejus, apontam que, hoje, 387 pessoas estão usando tornozeleira no Piauí.

A reunião no Quartel do Comando Geral da PM contou com o comandante geral, coronel Carlos Augusto Gomes; subsecretário de Justiça, Carlos Edilson Sousa; e dos diretores de Inteligência e Proteção Externa da Sejus, Luís Antônio Pitombeira, e da Unidade de Administração Penitenciária, Enemésio Júnior.

origem: http://www.piaui.pi.gov.br/noticias/index/id/26162

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br
Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.