Ufba começa a monitorar carros e motos a partir de janeiro

Os estudantes, professores e servidores terão os veículos cadastrados pela universidade

A entrada de carros e motocicletas nos campi da Universidade Federal da Bahia (Ufba) será monitorada a partir de janeiro de 2017. A instituição fará o cadastramento dos veículos dos estudantes, professores e servidores da universidade e eles serão identificados através de um selo. Visitantes também poderão acessar o espaço a bordo de veículos, mas terão que fornecer documentação e número da placa na portaria.

Essa e outras medidas de segurança foram anunciadas pelo reitor João Carlos Salles na manhã desta segunda-feira (12). As mudanças foram divulgadas depois que estudantes reclamaram dos assaltos ocorridos dentro da universidade e fizeram um abaixo-assinado pedindo por mais segurança. 

“Criamos um grupo de trabalho para que a comunidade possa fazer um diagnóstico mais preciso de propor e acompanhar soluções. Vamos estar monitorando o acesso de automóveis e tomando medidas para o cadastramento de veículos. Vamos aumentar o número de câmeras, medidas constantes de poda, iluminação e tudo isso está sendo feito com a força de segurança pública”, afirmou o reitor.

A expectativa da reitoria é de que essas mudanças sejam implantadas na primeira semana de janeiro, após o recesso de Ano Novo. Atualmente, 373 porteiros e 499 vigilantes trabalham na Ufba. Alguns deles atuam armados em horários e locais estratégicos. Salles informou que esses números não serão ampliados e que os profissionais passarão por treinamento para fiscalizar a entrada e saída dos veículos. 

O reitor também anunciou o lançamento de um site de segurança em que os estudantes vão poder fazer denúncias de casos de furtos e roubos e de ações preventivas, como a poda de árvores e cuidados com a iluminação. Atualmente, a Ufba investe cerca de R$ 3,4 milhões, mensalmente, em segurança – 34% do custeio da instituição. O restante da receita é usado para pagar despesas com alimentação, limpeza, luz elétrica e água.

Segundo o coordenador geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Matheus Assis, o monitoramento dos veículos é uma ação paliativa. “Esse monitoramento é uma medida que não é muito efetiva, mas garante um pouco mais de controle sobre o acesso”, afirmou. 

O DCE faz parte do grupo de trabalho criado pela reitoria para discutir a segurança pública na Ufba. 

Ocorrências dobram
Segundo um levantamento feito pela Ufba, no segundo semestres de 2016 foram registrados 40 casos de furtos e roubos dentro dos campi. O número é o dobro das 20 ocorrências que foram anotadas no mesmo período do ano passado. Na quinta-feira (7), um homem foi baleado dentro do campus de Ondina

A suspeita é de que ele estivesse praticando assaltos na região e de que uma das vítimas teria reagido. Ele foi socorrido com vida para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos. A morte foi confirmada na manhã seguinte. O reitor lamentou o ocorrido e disse que está acompanhando a investigação policial. 

No dia 30 de outubro, seis estudantes foram rendidos e roubados por assaltantes dentro do campus da Federação, na Escola Politécnica. Era uma tarde de domingo e os colegas estavam fazendo um trabalho da faculdade quando foram surpreendidos. As vítimas eram cinco estudantes da graduação de Engenharia Mecânica e uma aluna do mestrado, que é colombiana.

As vítimas ficaram em poder dos ladrões por cerca de três horas. Os bandidos tentaram atacar o caixa eletrônico que fica na unidade, mas o maçarico não funcionou. Três estudantes chegaram a ser amarrados pelos bandidos, que levaram dois carros dos alunos, dois notebooks, seis celulares, uma caixa de som, além de duas pistolas e colete à prova de balas usados pelos seguranças. 

No dia seguinte, o reitor esteve com as vítimas e anunciou algumas ações para a segurança, como a desinstalação dos 15 caixas eletrônicos que existem dentro da instituição. Alguns já foram retirados. A reitoria também prometeu ainda podar árvores e dar maior atenção para a iluminação em locais estratégicos, como as áreas de circulação. 

origem: http://www.correio24horas.com.br/detalhe/salvador/noticia/ufba-comeca-a-monitorar-carros-e-motos-a-partir-de-janeiro/?cHash=62217c5f38cdd4d75a77ba8325ec828a

Sirlei Madruga de Oliveira
Editora do Guia do CFTV
sirlei@guiadocftv.com.br

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.